Publicado em Notícia | 04/12/2017 às 15:34:49


Regiões Eclesiásticas e Missionárias realizam Concílios Regionais em novembro


Ordenação de novos/as presbíteros/as na 2ª Região Eclesiástica

Pelo menos cinco Regiões Eclesiásticas (RE) – 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 7ª – já realizaram seus respectivos conclaves regionais até o fechamento desta edição, dia 20 de novembro. Este é um momento importante para a vida e missão da Igreja, onde são eleitas novas lideranças, leigas e clérigas, para o próximo biênio (2018-2019). Também são apresentados relatórios dos colegiados e do bispo presidente, que são discutidos ou não em plenária e normalmente são aprovados.

Ainda restam três Regiões Eclesiásticas, 5ª, 6ª, e 8ª, e duas Regiões Missionárias, Remne (Nordeste) e Rema (Amazonas), que se reunirão entre os dias 22 de novembro e 2 de dezembro para discutirem e avaliarem os rumos missionários de cada uma delas.

1ª Região Eclesiástica

O 43º Concílio Regional da 1ª RE aconteceu entre os dias 16 e 19 de novembro na Escola de Missões, em Teresópolis/RJ. O tema motivador para o conclave foi arrependimento, santificação, reforma e conduta. O Bispo Emérito Paulo de Oliveira Lockmann fez parte da mesa da presidência ao lado do presidente do Colégio Episcopal, Bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa. 

No dia 16 o Bispo Paulo Rangel enfatizou no sermão que a Região ainda terá dias melhores pela frente. “Já está claro para nós que precisamos andar, não podemos nos acovardar. O melhor tempo da primeira região ainda não chegou, mas vai chegar; inspirados/as por tudo aquilo que já fizemos e vamos conquistar ainda mais”, disse o Bispo Paulo Rangel. 

2ª Região Eclesiástica

Na 2ª Região Eclesiástica (RE) não foi diferente. Muito louvor, comunhão, consagração da liderança pastoral, além de relatórios apresentados e votados para aprovação nas dependências do Canoas Parque Hotel, em Canoas/RS. O conclave foi realizado nos dias 9 a 12 de novembro e contou com liderança leiga e clériga da 2ª RE.

Um dos momentos importantes do 43º Concílio Regional foi a aposentadoria do Bispo Stanley da Silva Moraes. Ele foi consagrado como diácono no final de 1970 e assumiu a primeira nomeação pastoral em 1º de fevereiro de 1971 como pastor ajudante na Igreja Metodista Wesley, em Porto Alegre/RS. 

Ao lado de sua esposa, Rute Moraes, o bispo não deixou de se emocionar ao falar da Igreja Metodista. Ele citou o texto de I Timóteo capítulo 4.16, que recomenda cuidar da sã doutrina para salvar a si mesmo/a e os/as ouvintes/as. “Essa palavra teve grande impacto em minha vida porque comumente as pessoas me identificam como um pastor educador. Acabei me desenvolvendo na vida educacional e sou muito grato a Deus; Ele tem nos abençoado nessa comunidade. Me criei nela, estou nela e é nela que vamos nos aperfeiçoando no evangelho a cada dia”, disse o bispo durante o 43º Concílio Regional da 2ª RE.

Para o presidente do Colégio Episcopal e da 2ª RE, Bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa, o Bispo Stanley, que atua ainda como Secretário Executivo do Colégio Episcopal, é uma pessoa privilegiada. “O Bispo Stanley é assim. Faz parte da estirpe cristã, que assume, como o nosso Mestre Jesus, a condição de que não veio para ser servido, mas para servir”, disse o Bispo Luiz. Veja na página seguinte mais informações sobre o ministério e aposentadoria do Bispo Stanley da Silva Moraes.

3ª Região Eclesiástica

O Salão Nobre da Universidade Metodista de São Paulo foi mais uma vez palco do Concílio Regional da 3ª Região (RE), que em 2017 completou também sua 43ª edição. O evento foi rea­lizado entre os dias 1º e 5 de novembro e contou com 141 delegados/as clérigos/as votantes e 119 leigos/as que representaram suas respectivas igrejas locais.

Para embasar a justificativa de crescimento da região, o Bispo Peres buscou experiências passadas vivenciadas pelo Bispo Cyro B. Dawsey, que acreditava no potencial missionário da Igreja brasileira. “A Igreja progrediu. Entendo que ela deve continuar a sua marcha de progresso e conquistar os campos nos quais ainda não marcamos presença. Quando lemos a história do episcopado, de César Dacorso Filho, nos deparamos com um obreiro incansável e enérgico”, destacou o bispo, apresentando, assim, o crescimento na 3ª Região Eclesiástica.

De acordo com o relatório episcopal, as estatísticas apresentadas no final de 2016 informam que são 20,6 mil membros, distribuídos em 10 Distritos. Em 2010 eram 18,03 mil. Houve um crescimento de 2,6 mil membros em seis anos, um percentual de 14,42%. Atual­mente a 3ª Região têm 112 Igrejas, 30 Congregações e 34 Pontos Missionários, além de 218 nomeações para atender à demanda regional.


Bispo Roberto Alves de Souza presidiu as sessões da 4ª Região Eclesiástica

4ª Região Eclesiástica

Entre os dias 17 e 19 de novembro, a 4ª Região Eclesiástica realizou seu 43º Concílio Regional nas dependências do SESC de Guarapari/ES. Como definido no 20º Concílio Geral, realizado em Teresópolis/RJ, em 2016, as nomeações pastorais precisam ser realizadas até o dia 30 de novembro. O culto de encerramento com as nomea­ções pastorais foi realizado na Igreja Metodista Central em Vitória. Mais de 500 pessoas entre clérigos/as e leigos/as participaram da celebração.

Às 20 horas do dia 17 de novembro, o Bispo Roberto declarou o 43º Concílio Regional aberto para decisões conciliares com 210 delegados/as votantes, tendo a aprovação do Regimento Interno da Associação da Igreja Metodista da 4ª Região. Pela segunda vez o Concílio Regional realizou votação eletrônica. Acadêmicos/as da Faculdade de Teologia deram apoio à plenária. 

7ª Região Eclesiástica

O tema norteador do 4º Concílio Regional da 7ª Região Eclesiástica, Unidos em um propósito, reuniu representantes da Igreja Metodista nos dias 9 a 12 de novembro no Instituto Metodista de Formação Missionária (IMFORM), em Teresópolis/RJ. Os Bispos Adonias Pereira do Lago, Roberto Alves de Souza, Carlos Alberto Tavares e Paulo de Oliveira Lockamm prestigiaram o primeiro conclave dirigido pelo Bispo Emanuel Adriano Siqueira. 

O Bispo Paulo Lockmann testemunhou sobre o conclave. “Podemos dizer que, mais que um Concílio, estamos vivendo um encontro de avivamento onde a palavra e a adoração se mesclam com os assuntos temáticos do Concílio. Deslumbramos, nessa caminhada, sonhos, visão missionária de crescimento da Igreja, de expansão missionária e serviço através de vários projetos sociais que a Igreja tem e também vimos o testemunho das federações e intensas atividades dos vários ministérios. Tudo isso tem sido motivo de inspiração de alegria do povo metodista da 7ª Região.” 

Saiba mais:

1ª Região: metodista1re.org.br
2ª Região: 2re.metodista.org.br
3ª Região: 3remetodista.org.br
4ª Região: 4re.metodista.org.br
5ª Região: 5re.metodista.org.br
6ª Região: metodista.com
7ª Região: metodista7re.org.br
8ª Região: 8re.metodista.org.br
Remne: remne.metodista.org.br
Rema: rema.metodista.org.br

 

Pr. José Geraldo Magalhães
Publicado originalmente no Jornal Expositor Cristão de dezembro/2017


Tags: sem tags no momento!