Publicado em Notícias | 05/12/2017 às 10:09:20


150 pessoas são recebidas como membros na Igreja Metodista em Corbélia

No dia 19 de novembro, a Igreja Metodista em Corbélia/PR recebeu 150 metodistas, entre batismos e assunção de votos, como membros oficiais. A cidade, com pouco mais de 17 mil habitantes e 38 quilômetros distante de Cascavel/PR, agora soma 450 metodistas. Segundo o pastor local, Fernando Mardegam, o objetivo era receber 200 pessoas em 2017.

“São 113 pequenos grupos que passam de mil pessoas reunidas todas as semanas. Nosso alvo era alcançar 200 pessoas que seriam recebidas na Igreja”, disse o Pastor Fernando Mardegan.
Quando o pastor chegou a Corbélia com a família, em 2013, a Igreja contava com 104 membros arrolados. Foi muito trabalho e dedicação para chegar aos 450 membros. Um crescimento de 432,7% em quatro anos. Uma média anual de 108%.

Segundo o Pastor Fernando, é um longo caminho desde os pequenos grupos até ser recebido como membro na Igreja. “Primeiro a pessoa passa pelos pequenos grupos que se reúnem duas, três vezes na semana. Depois aos domingos na Escola de Discípulos e Discípulas, por fim, rea­lizamos o curso para novos membros”, enfatizou o Pastor Fernando.

A tônica na classe de novos membros, garante o pastor, é sobre a história do metodismo, aliança com Deus e compromissos com Deus e com a Igreja. “Tudo isso contribui para uma conscientização que precisamos ter uma fé pautada na palavra de Deus”, finalizou o Pastor Fernando Mardegam. 
    
Batismos 

Marcus Willian, 19 anos, mora somente há dois anos em Corbélia. Fez amizades com metodistas da cidade até ser convidado para participar de uma festa denominada de Time Out. “Lá foi uma das melhores experiências de minha vida, porque foi onde encontrei meu lugar. Conheci novos amigos, inclusive o Nelson Junior Tavares, que anotou o número de meu celular e me convidou para participar do pequeno grupo. Não parei mais. Foi encontro com Deus, Escola de Discípulos, classe de novos membros até me batizar”, disse Marcus.

Larissa Rodrigues, 15 anos, começou a ir à Igreja porque sentia que precisava servir a Deus. “Não me encaixei em nenhuma outra Igreja na cidade. Gostei muito do jeito da Igreja e porque as pessoas que frequentam as células são muito amorosas. É nessa Igreja que desejo servir a Deus”, enfatizou Larissa. 



Outra pessoa que foi bem acolhida logo na primeira visita na Igreja foi Inara Krützmann, 14 anos. Ela relatou ao Expositor Cristão que sentiu a presença de Deus e acolhimento pelos/as irmãos/ãs. “No primeiro culto de que participei Jesus falou ao meu coração para eu servir a Ele. No outro, ao sair para ir embora, uma menina me perguntou se eu ia a alguma célula. Respondi dizendo que nem sabia o que era célula. Ela anotou meu número de celular e me fez o convite para participar. Eu fui e me apaixonei”, disse.

Inara relatou ainda que a comunidade de fé tem a ajudado a superar as dificuldades emocionais e espirituais. “Enfrentei muitas críticas, mas sempre tive apoio dos irmãos e irmãs”, finalizou.

Segundo o Pastor Fernando Mardegam, outras pessoas foram recebidas por assunção de votos em um ato que simboliza a Graça imerecida de Deus. “O Batismo é isto, Graça de Deus derramada sobre sua Igreja. Dezenas de pessoas foram recebidas como membros por assunção de votos. Todas elas passaram pela classe de novos membros onde puderam conhecer a história de nossa Igreja. A Ele toda a Glória”, finalizou. 

Pr. José Geraldo Magalhães
Publicado originalmente no Jornal Expositor Cristão de dezembro/2017 
Fotos: Daniela Capellaro e Bruna Arruda

Visite a página da Igreja Metodista em Crobélia no Facebook: https://www.facebook.com/metodistacorbelia/

 


Tags: sem tags no momento!