Publicado por Redação em Notícias - 23/05/2018 às 17:16:59

Materiais de apoio para celebração do Dia do Coração Aquecido 2018

coracao-capa-454-800x568.jpg

A Igreja Metodista e o Jornal Expositor Cristão, trouxeram uma série de materiais de apoio para celebrarmos o Dia do Coração Aquecido. A celebração que acontece no dia 24 de maio, completa 280 anos em 2018, relembrando a experiência religiosa de John Wesley. Entre os materias disponibilizados, nossos leitores contam com o texto escrito pela Fraternidade Wesleyana de Santidade. 

O conteúdo fala sobre a vida de John Wesley, líder e desbravador do Movimento Metodista ocorrido na Inglaterra no século XVIII, e sobre como essa experiência do coração aquecido é importante para grande família metodista, que possui hoje cerca de 80 milhões de membros e está presente em 140 países. 

Confira abaixo alguns dos novos conteúdos disponíeis sobre a celebração do Coração Aquecido. 

Jornal Expositor Cristão de maio

Vídeo com os Bispos e Bispas do Colégio Episcopal da Igreja Metodista, compartilhando uma mensagem sobre a experiência de John Wesley

Coral da Igreja Metodista de Itaberaba, da 3ª Região Eclesiástica, entoando o louvor Jesus Salva, na Catedral Metodista de São Paulo, em homenagem aos 280 anos de Coração Aquecido

Liturgia para realização do culto
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR EM .PDF NO SITE NACIONAL DA IGREJA

 

 

 

Página da criança
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A CRUZADINHA, A REFLEXÃO E A TIRINHA DO CORAÇÃO AQUECIDO

Redação EC


Posts relacionados

Notícias, Artigo DNTC, por José Geraldo Magalhães Jr.

Identifique o comportamento da criança

Mudança de comportamento é comum em crianças que são vítimas de violência. No trabalho com elas nos envolvemos com ações de proteção, ensino e cuidado com a criança. No que se refere à proteção, um dos aspectos a se observar é a violência doméstica, presente em muitas famílias, que atinge diretamente a vida da criança fisicamente (em muitos casos) e emocionalmente (em todos os casos), e verificamos que elas frequentemente são desacreditadas ao relatarem o que sofreram.