Publicado em Capa, Educação, Missão | 28/11/2018 às 16:02:59


Tecer a vida com fé e sabedoria

Encontro Nacional de Educação Cristã e Escola Dominical reúne 200 pessoas em BH

 

O Encontro Nacional de Educação Cristã e Escola Dominical reuniu 200 pessoas nos espaços do Instituto Metodista Izabela Hendrix, em Belo Horizonte/MG, nos dias 15 a 17 de novembro. O evento, inspirado no tema Tecendo a vida com fé e sabedoria, contou com 10 minicursos, 14 oficinas e 3 painéis, que foram distribuídos durante a programação. Todas as Regiões Eclesiásticas e Missionárias foram representadas.

O Colégio Episcopal foi representado pelo Bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa e pela Bispa Hideíde Brito Torres, que pregou no culto de encerramento. Para o coordenador do CONEC, Pastor Eber Borges, a troca de experiências durante o encontro foi marcante. “Ao meu ver, compartilhar as experiências que estão dando certo de pessoas de várias partes do país é sensacional”, enfatizou.

O culto de abertura foi marcado pela comunhão dos irmãos e irmãs, pela celebração da Santa Ceia e pela palavra episcopal do Bispo Luiz Vergílio baseada na experiência de Pentecostes.

A coordenadora do Departamento Nacional Escola Dominical, Pastora Andreia Fernandes de Oliveira, acredita que o evento superou as expectativas por ser um ano em que também houve os congressos das confederações de homens e mulheres.

“Nós reafirmamos valores importantes de uma igreja que vai para a rua, mas que também se abre para que a sociedade ingresse nela. Afirmamos a Escola Dominical como agência missionária de evangelização, mas que educa e assume seu compromisso social e terapêutico com as pessoas; realmente superou as expectativas”, destacou.

Para o reitor do Instituto Metodista Izabela Hendrix, Luciano Sathler, usar os espaços institucionais faz parte da missão. “É muito importante para o Izabela, pois o instituto é um braço da Igreja na educação secular. Para nós, acolher esse encontro é muito importante porque está em nosso DNA, já que o Izabela também é Igreja”, disse o reitor.

Programação

O primeiro painel, Conhecer e viver as escrituras, foi moderado pelo Pastor Marcos Lima (4ª Região Eclesiástica) ao lado da/o biblista Pra. Suely Xavier (Antigo Testamento) e Pr. Felipe Bagli (Novo testamento). Eles/a apontaram a importância de ler a Bíblia considerando os tempos, época em que foi escrita, trazendo para a realidade atual. A biblista Pra. Suely Xavier também ministrou, posteriormente, o minicurso Introdução ao estudo da Bíblia para dar noções introdutórias ao estudo das escrituras levando-se em conta a formação do texto bíblico e como foi o processo que permitiu sua chegada até nós, além de dicas de como estudar e ensinar o AT e o NT.

O biblista Felipe Bagli seguiu o viés do NT ao ministrar na oficina Bíblia: nosso livro de fé para refletir sobre a importância das escrituras para a fé cristã. Destacou alguns pontos importantes que o/a professor/a precisa saber para o ensino da Bíblia.

Ao som do trio nordestino, composto pelo Pastor Georg Emmerich, e sua esposa, Jane Emmerich, além do Pastor Fernando Fliper Carvalho, da Região Missionária do Nordeste (Remne), o segundo dia do encontro prosseguiu com 14 oficinas que foram ministradas no decorrer do dia. Três minicursos foram oferecidos em três módulos durante o encontro.

O segundo painel oferecido aos/às participantes, Valores eternos em tempos pós-modernos, foi moderado pela Bispa Hideíde Brito Torres ao lado do Pr. Enoque Rodrigo de Oliveira Leite, coordenador da Pastoral da Inclusão, e do Pr. Welinton Pereira, pessoa de referência da Pastoral de Direitos Humanos e assessor de Advocacy – Visão Mundial.

Para encerrar o segundo dia de atividades do encontro nacional, um Ajuntamento de Cordel – literatura típica no nordeste brasileiro – e louvor em ritmo nordestino enriqueceram o encontro.

No último painel do encontro, Tecendo a vida com fé e sabedoria, moderado pela coordenadora do Departamento Nacional de Escola Dominical, Pra. Andreia Fernandes de Oliveira, ao lado do coordenador nacional de Educação Cristã (CONEC), Pr. Eber Borges, e do vice-reitor da FaTeo, Pr. Nicanor Lopes, foi enfatizado que evangelização, ação social e educação são inseparáveis.

 

Depoimentos

Os dez minicursos oferecidos no encontro tiveram seus destaques. Foram três módulos sequenciais, e os/as participantes podiam escolher apenas um minicurso no ato da inscrição. André Luiz, do Morro da Gamboa/ RJ, fez o minicurso Educação Cristã para a Inclusão. “Principalmente para nós, da Igreja Metodista, o Reino de Deus é inclusão. Participar dessa oficina é de suma importância para toda a Igreja”, disse André. Para o Pastor José Pontes Sobrinho, “Ele é relevante porque a Igreja precisa perceber a realidade em seu contexto. Fomos bem orientados/as pelo Pastor Enoque e fiquei surpreso com o conteúdo que nos foi passado em termos de teologia wesleyana através da releitura da palavra de Deus. Inclusão não é apenas para deficientes, a família toda está envolvida”, disse o pastor.

O vice-reitor da FaTeo, Pastor Nicanor Lopes, foi um dos participantes da oficina Educação Cristã pelo fim da discriminação. “Tivemos a oportunidade de retomar a declaração de direitos humanos universais. Relembramos algumas atitudes que o metodismo já teve em outras épocas e que hoje se tornam relevantes, por exemplo, nossa sociedade está discutindo armar as pessoas como se fosse uma solução para a violência. Nós recordamos que em determinado momento de nossa história fizemos uma grande campanha para o desarmamento. Achamos que isso é importante e, quem sabe, devemos retomar essa atividade no processo de educação cristã que a Igreja tem para a sociedade”, lembrou o Pastor Nicanor.

A respeito do minicurso Introdução ao estudo da Bíblia, “É importante estudar a Bíblia porque ela é o fundamento de nossa fé. Fizemos um panorama para compreender melhor o texto bíblico e tivemos um retorno bastante positivo. A função principal do minicurso é proporcionar o desejo de um estudo da Bíblia mais sistemático e sentidos históricos e culturais de nossa fé”, destacou a Pastora Suely Xavier.

Gisele Eler, de Campo Grande, no Rio de Janeiro/RJ, quer se aprofundar no conhecimento bíblico. “Gostei muito porque desde pequena tenho muito interesse em conhecer mais a Bíblia. O minicurso ampliou meus horizontes e estou até com vontade de fazer teologia”, disse Gisele.

 

CONTEÚDO OFERECIDO NO ENCONTRO

PAINÉIS

Conhecer e viver as Escrituras

Valores eternos em tempos pós-modernos

Tecendo a vida com fé e sabedoria

 

MINICURSOS

Gestão da Escola Dominical na igreja local Introdução ao estudo da Bíblia

Escola Dominical para crianças de 0 a 6 anos

 Escola Dominical para crianças de 7 a 12 anos

Escola Dominical para juvenis Escola Dominical para jovens

Escola Dominical para adultos/as

Escola Dominical para casais

Educação Cristã e transformação social

Educação Cristã pelo fim da discriminação

Educação Cristã pela inclusão

 

OFICINAS

 1. Comunicação, tecnologias e redes sociais a serviço da ED

2. Envelhecer: cuidar, acolher e valorizar

 3. O Ministério Local de Trabalho com Crianças

4. Escola Dominical como espaço de Evangelização

5. Estrutura e organização da Igreja Metodista

6. Espiritualidade presente na vida

7. Ministério de Educação Cristã na igreja local

8. Jogos Cooperativos

9. Diga não à violência contra a criança

10. Ministério pastoral e Escola Dominical: parceria que dá certo

11. Acolher as dores da alma

12. Liturgia: linhas que tecem o culto

13. Educação Cristã no cuidado com o Planeta

14. Bíblia: nosso livro de fé

 

///Todos os depoimentos, vídeos dos minicursos, reportagens com os boletins diários você confere no site do EC.

Publicado originalmente na edição de dezembro de 2018 do Jornal Expositor Cristão impresso.


Tags: sem tags no momento!