Publicado por Sara de Paula em Notícias, Missão | 04/01/2019 às 11:43:12


Igreja Metodista no Brás celebra cem anos com júbilo ao Senhor!


2019-01-bras-729-800x568.jpg

Um convite à gratidão e uma expressão de louvor! Foi o centésimo Salmo da Bíblia que, através de cada celebração do ano do centenário, nos motivou e nos impulsionou como igreja em toda a proposta vivida, afinal, chegamos ao nosso centenário! 

Parecia algo distante e, na concepção de muitos /as que fazem parte desta história, impensável. A noite de domingo, 9 de dezembro, ficará marcada no coração de cada irmão/ã, convidados/as que estiveram presentes acompanhando o desfecho das celebrações ocorridas em todo o ano de 2018. Foram seis cultos especiais nos meses: abril, junho, agosto, setembro, outubro e dezembro.

Vivemos intensamente a alegria e o grande privilégio de refletir a respeito dos caminhos vividos nos últimos cem anos. Histórias contadas e recontadas; testemunhos compartilhados; curiosidades reveladas e um sentimento comum: há que se continuar percorrendo o caminho vivido desde 1918. 

Nossa história como igreja local iniciada no ano de 1918 se confunde, em seus primeiros anos de vida, com a atuação do seu fundador, o saudoso e ilustre Rev. Guaracy Silveira, que também contribuiu com o processo de autonomia da Igreja Metodista no Brasil. Há relatos históricos nos quais a igreja no Brás, no ano de 1924, sediou momentos decisivos e significativos desse processo, dando seus primeiros passos na visão nacionalista do então pastor local. Tivemos a grata alegria de ter presente conosco, neste culto especial do centenário, suas filhas Elena e Noemi, seu neto Guaracy Silveira Neto e a bisneta do Rev. Guaracy Silveira, Viviane.

Não há dúvidas de que este marco centenário que celebramos neste ano de 2018 perpassa momentos gloriosos na história da vida desta igreja paulistana nascida em meio a tantos desafios, tendo como exemplo a temida gripe espanhola que ceifou a vida de muitas pessoas, sobretudo na capital paulista. Entre temores, desafios e vitórias, cremos ser este o sentimento de júbilo e a certeza de colher o que foi semeado por homens e mulheres que nunca desistiram da missão. 

Por todas as razões, a Deus toda honra, glória e louvor! Pois em cada hino entoado, em cada louvor celebrado e a cada expressão vivida neste centenário retratamos, sim, uma colheita abençoada, tendo sido regada com muito amor, fé e oração.

A Palavra ministrada pelo Revmo. Bispo José Carlos Peres enfatizou a unidade e comunhão da igreja, com base no evangelho João 17 e Salmos 133 respectivamente. 

Após a Palavra, o Bispo inaugurou a galeria de fotos dos/as pastores/as que, ao longo desses anos, trabalharam com o rebanho que perseverou. Houve também a inauguração da placa demarcatória do centenário. Momento de grande emoção para todos/as!

O Desafio agora é o mesmo de cem anos atrás, ou seja, missionário! A festa e a história não se resumem àquilo que foi sonhado, preparado e vivenciado neste ano pela igreja, mas, sobretudo, em ter a consciência de continuar avançando missionariamente por meio de uma nova e contagiante história que possa ser novamente contada nos próximos cem anos. 

Pastor Marcelo Arruda
Igreja Metodista no Brás
Publicado originalmente na edição de janeiro de 2019 do Jornal Expositor Cristão impresso.


Tags: sem tags no momento!