Publicado por José Geraldo Magalhães em Igreja e Sociedade - 11/09/2022 às 12:00:33

Nota de pesar: Márcio de Moraes

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações”. 2 Coríntios 1.3-4

Com pesar, informamos e sentimos profundamente o falecimento, neste 11 de setembro de 2022, do professor Marcio de Moraes, que dedicou por diversos anos seus serviços e esforços pela Educação Metodista.

Em sua longa caminhada institucional, professor Marcio empenhou diversas funções, tendo composto o quadro administrativo do Instituo Metodista de Ensino Superior - IMS desde o final da década de 1980, exercendo logo depois a docência na Universidade Metodista de Piracicaba - Unimep, retornando posteriormente ao IMS, também atuando na docência da Universidade Metodista de São Paulo - Umesp paralelamente à função de vice-diretor administrativo. A partir de outubro de 2006 assumiu a Reitoria do IMS e em 2009, além de reitor, também assumiu a Direção Geral da Educação Metodista, cargo que exerceu até 2012, permanecendo na Reitoria da Umesp até 2016, quando retornou à Unimep, agora dirigindo-a como reitor e onde encerrou as atividades diretas na Educação Metodista em 2017. Por onde passou, professor Marcio contribuiu com inúmeros projetos, implementações e era conhecido por todos e todas pelo seu trabalho e carisma e o constante contato direto com docentes e colaboradores.

Enquanto docente e dirigente nas instituições educacionais, Marcio de Moraes era marido, pai, irmão, tio e avô de uma grande família situada em São Roque, sua origem, e no ABC e sempre dedicado aos entes queridos e participativo na vivência familiar. Também não deixava de exercer o bom papel como membro da Igreja Metodista, onde também exercia importantes atividades para o andamento da obra missionária da Igreja.

A Educação Metodista estende um fraterno abraço aos familiares e amigos, rogando a Deus que traga conforto e paz nesse momento de luto. Pedimos também as orações de toda comunidade pelo consolo de todos os entes queridos.

Família e amigos se despedem neste 11 de setembro, às 11h, na Igreja Metodista em Rudge Ramos (Rua Alfeu Tavares, 85, SBC), onde também haverá o culto de gratidão a Deus pela vida do professor Marcio às 14h. Posteriormente a família segue para São Roque, onde ocorrerá novo ofício e sepultamento no dia 12.

Que o Senhor receba em seus braços seu filho e servo. Que permaneçam nas memórias os momentos de alegria e toda boa contribuição da vida e trabalho do professor Marcio de Moraes.

Ele segue vivo em todos nós, especialmente em Marcia, André, Daniel, Nayane, Isabela, Marizete, Miriam, e em seus netos, Samuel, Laura e Benjamin.

O velório e culto de gratidão acontecerá na Igreja Metodista de Rudge Ramos. O corpo seguirá para sepultamento em São Roque, junto à família dele, amanhã.

Informações e horários previstos abaixo.

Hoje 11 set 

Igreja Metodista em Rudge Ramos

Rua Alfeu Tavares, 85

São Bernardo do Campo/SP

Velório: 11h às 17h

CULTO DE GRATIDÃO: 14h

Amanhã 12set

Cemitério da Paz - São Roque

Velório: das 08h às 11h

Sepultamento: 11h


Trajetória

Moraes nasceu em 17 de dezembro de 1956, em São Roque (SP), região metropolitana de Sorocaba. Ele é bacharel em ciências econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1980) e doutor em administração pela Universidade de Barcelona, Espanha (2007).  Na Unimep, Moraes atuou como assessor da Reitoria nos anos de 1997 e 1998,  e participou de vários eventos da juventude metodista nos anos 1980. Atuou também como membro do Conselho Diretor do Instituto Educacional Piracicabano da Igreja Metodista (IEP), entre os anos de 1992 e 1994. A vinda à Unimep marca a segunda atuação de Moraes como reitor. Por 10 anos, ocupou esse cargo na Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), entre outubro de 2006 e agosto de 2016 e, antes disso, atuou como vice-reitor administrativo na instituição por sete anos (1999 a 2006).

Dentre outras funções desempenhadas por ele no ensino superior, também está a atuação no Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS), mantenedora da Universidade Metodista de São Paulo e dos Colégios Metodistas de São Bernardo do Campo, Itapeva, Bertioga e Passo Fundo (RS), órgão no qual exerceu os cargos de coordenador administrativo (1987 a 1988); diretor administrativo (1989 a 1992); vice-diretor geral de administração (1993 a 1994); vice-diretor administrativo (1999 a 2006) e, também, desempenhou o cargo de diretor geral do órgão (2006 a 2012). Marcio de Moraes atuou ainda como diretor geral da Educação Metodista de março de 2009 a agosto de 2012, e foi diretor superintendente do Instituto Metodista de Serviços Educacionais – Cogeime, no período de março de 2009 e agosto de 2012. Até o momento ele também exerce o cargo de presidente da Associação Internacional de Escolas, Faculdades e Universidades Metodistas (Iamscu).


Posts relacionados

Igreja e Sociedade, por José Geraldo Magalhães

Consad emite nota sobre o deferimento cautelar para Recuperação Judicial da Educação Metodista

O juiz Gilberto Schäfer, da 2ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), deferiu nesta quarta-feira, 14/04, a cautelar antecedente à Recuperação Judicial da Educação Metodista.

Igreja e Sociedade, por José Geraldo Magalhães

TJ-RS defere cautelar para Recuperação Judicial da Educação Metodista

O juiz Gilberto Schäfer, da 2ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), deferiu nesta quarta-feira, 14/04, a cautelar antecedente à Recuperação Judicial da Educação Metodista.