Publicado por José Geraldo em Editorial | 24/06/2020 às 16:28:55

Jornal EC julho 2020

Nas edições de julho de anos anteriores, sempre mencionamos os projetos missionários realizados nas Regiões Eclesiásticas e Missionárias. Este ano não foi possível. O mundo vive momentos difíceis devido à pandemia de Covid-19. Até fecharmos esta edição, o número de mortes tinha passado dos 58 mil. Dentre essas vidas, está meu sogro, João Gomes das Chagas, que faleceu em Uberaba/MG, no dia 18 de junho.

Somamos a milhares de pessoas que tiveram familiares perdidos pelo novo coronavírus. É algo difícil de explicar. Na semana anterior conversávamos ao telefone e, na semana seguinte, chega para minha esposa uma foto dele recebendo oxigênio no hospital porque estava com falta de ar. Dali até o óbito foram mais seis dias apenas. Durante esse período, oramos e choramos. Fizemos o que podíamos fazer. 

O tema da edição de julho já estava definido – Chorar com quem chora. Foi uma maneira que encontramos de nos solidarizarmos com as quase 60 mil pessoas que perderam amigos/as, familiares e pessoas que nem mesmo conhecemos. A dor maior está na notícia repentina, na falta de dizer um até breve. O choro é lamentável, mas também é a primeira manifestação da vida. É uma autêntica explosão de emoções que permeiam nossa vida do nascimento à morte, sendo avaliado como sinal de saúde e de energia do recém-nascido. Por outro lado, a perda de um ente querido, um/a amigo/a faz com que a pessoa entre em estado de luto, tristeza e, em alguns casos, depressão. O consolo sempre virá de Deus. O choro parece não findar nunca. A saudade fica para sempre preenchendo um buraco sem fim.

Chorar com milhares de pessoas faz parte do Corpo de Cristo. “De maneira que, se um membro sofre, todos os membros sofrem com ele” (I Co 12.26). Que haja o consolo divino e da Igreja para com todas as pessoas enlutadas.

Pr. José Geraldo Magalhães
Editor-chefe | Expositor Cristão

FAÇA O DOWNLOAD DO PDF CLICANDO NO CENTRO DA IMAGEM E DEPOIS NA SETA NO CANTO SUPERIOR ESQUERDO ABAIXO

 


Tags: sem tags no momento!