Publicado por Redação em Notícia, Nacional, Eventos - 20/09/2016 às 16:41:01

Igreja em Recife promove palestra no Setembro Amarelo

setembro_amarelo_recife_frente

A Igreja Metodista  Central em Recife promove um encontro em apoio a Campanha Setembro Amarelo, que visa conscientizar sobre o problema do suicídio no Brasil e no mundo.

Segundo os dados oficiais, 32 pessoas morrem por dia apenas no Brasil, vítimas do suicídio. O Expositor Cristão divulgou a campanha no início do mês com sugestões para apoiar o trabalho desenvolvido pelo Centro de Valorização da Vida (CVV) durante o mês. Confira.

O evento em Recife acontece no sábado (24) às 19h e domingo (25) às 9h e além de trazer palestras discute formas de conscientização. "Como comunidade que conviveu intimamente com essa realidade e que busca sempre a saúde dos seus e dos outros, não poderíamos nos calar diante dessa campanha", afirma a descrição na página oficial do evento.

A Igreja posicionou uma faixa divulgando a campanha em frente a igreja com as palavras "Ame. Sempre. Agora", e defende que conversar sobre o assunto, além de ser o melhor remédio faz com que cicatrizes se tornem luz na escuridão, cura onde antes havia dor e ensina a chorar com os que choram. O encontro é divulgado junto com o texto bíblico de I Coríntios 13:7 e 8 (versão A Mensagem): "Sempre procura o melhor, nunca olha pra trás, mas prossegue até o fim. O amor nunca morre".

Confira as informações completas do evento: 


Setembro Amarelo: Ame. Sempre. Agora.
Datas: 24/09 às 19h e 25/09 às 9h
Igreja Metodista Central em Recife
Rua José Bonifácio, 272 - Torre - Recife - PE
E-mail: metotorre@gmail.com

Confirme presença e interesse acessando o evento no Facebook. Clique aqui.


Redação EC

Posts relacionados

Capa, Notícia, Editorial, por Redação

EC de junho 2019

Em junho celebramos o Pentecostes, para muitos/as, o nascimento da Igreja Cristã. Em hebraico, espírito é ruah, e em grego, pneuma. Ambos os termos estão ligados a processos fundamentais, pois significam vento, sopro, furacão e vendaval. Inicialmente, o Espírito não é conscientizado como pessoa, mas como uma força divina e originária da criação, move-se nos seres vivos e age nos homens.