Publicado por Redação em Notícias, Nacional, Missão - 28/11/2018 às 16:09:40

Glória a Deus nas alturas!


Foto: Greg Rakozy | Unsplash

“Glória a Deus nas maiores alturas, paz na Terra e boa vontade entre os homens!”

 

Essa saudação angélica aos pastores, em Belém da Judeia, na madrugada em que nasceu Jesus de Nazaré, anunciava o cumprimento de várias profecias e a consecução de uma promessa, o nascimento da criança prometida do jardim: o descendente da mulher que esmagaria a cabeça da serpente, signo do adversário de nossas almas, fomentador da confusão que inviabiliza qualquer relacionamento, seja com Deus, seja consigo mesmo, seja com o próximo.

O Deus Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo), através do Filho de quem a criança da manjedoura, nascida sob a sombra da cruz e à luz da ressurreição, é a encarnação, oferecia a sua própria vida para que houvesse paz.

Nesse gesto, ao satisfazer o princípio de justiça, que permite o sustento do Universo, a Trindade eterna semeava o princípio da graça, o princípio do favor imerecido, que permite o perdão.

A Trindade eterna pode perdoar-nos por nossas ofensas. Perdoados/as, nos reencontramos com o Eterno e, assim, conosco, pois a identidade de cada um/a de nós estava nos aguardando em Deus e fica desvendada a razão de nossa existência: comungar com a Divindade Trina. E, conscientes e movidos/as pela graça, podemos oferecer ao/à outro/a o perdão, que é a condição para a paz e a semeadura da justiça. É Natal, Jesus nasceu! Deus veio ao nosso encontro para que possamos nos achar na existência e, então, encontrar o/a outro/a na vida, que, necessariamente, deve ser compartilhada entre todos/as, para que a dignidade, que impõe a satisfação das condições necessárias para um viver com a melhor qualidade, seja um bem universal.

Feliz Natal!

Pr. Ariovaldo Ramos
Comunidade Cristã Reformada e Aliança Evangélica Brasileira

/// Nota Artigo originalmente publicado no blog do autor, com o título Natal.

Publicado originalmente na edição de dezembro de 2018 do Jornal Expositor Cristão impresso.


Posts relacionados

Direitos Humanos, Conscientização, Atualidade, Igreja e Sociedade, Notícias, por José Geraldo Magalhães Jr.

Crianças e adolescentes desprotegidos

Os números assustam. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH), de 2018 até o primeiro semestre de 2019, o Disque 100 (Disque Direitos Humanos) recebeu 76.216 denúncias envolvendo crianças e adolescentes, sendo que 17.093 registros são referentes à violência sexual. Os dados integram o Balanço Anual de 2018 e foram confirmados pela ministra do MDH, Damares Alves, em maio deste ano.

Notícias, Notícia, Metodismo, Episcopal, Nacional, por José Geraldo Magalhães Jr.

Conselheiros Nacionais de Juvenis são empossados pelo Colégio Episcopal

Aconteceu na manhã desse sábado, 19, a posse dos novos Conselheiros Nacionais de Juvenis, Ronaldo Oliveira Barbosa e Jaqueliny Louback Barbosa, na Sede Nacional da Igreja Metodista, em São Paulo. O ato de posse foi realizado pela secretaria executiva do Colégio Episcopal e contou com a mesa da Confederação Metodista de Juvenis, secretaria para a Vida e Missão da Igreja e amigos do casal que prestigiaram esse momento importante na vida da Igreja.