Publicado por José Geraldo Magalhães em Última Edição - 03/07/2022 às 23:02:01

21º Concílio Geral da Igreja Metodista acontece em Sorocaba

Pr. José Geraldo Magalhães - Sorocaba

Às 14h os delegados e delegadas foram chegando no Hotel Golden Park, em Sorocaba, para a realização e continuidade das sessões do 21º Concílio Geral da Igreja Metodista. O culto de abertura iniciou às 21h, com leituras bíblicas, orações, louvores, celebração da Ceia e a palavra ministrada pelo presidente do Colégio Episcopal, bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa.

Antes da reflexão bíblica, o bispo Luiz, frisou que a Igreja Metodista não é uma Igreja Virtual e agradeceu a presença de todos e todas. “Nossa presença se dá em um longo processo institucional e histórico. Como Igreja Conciliar, esse concílio começou nas igrejas locais, regionais e no último mês de dezembro que nos reunirmos virtualmente, mas hoje posso dizer que nós estamos reunidos da forma como agrada a Deus”, destacou. O bispo presidente enfatizou também que os concílios têm sido um espaço da expressão de fé do povo. “Precisamos continuar a ser uma comunidade missionária a serviço do povo dando um testemunho idôneo”.

O bispo trouxe uma reflexão bíblica com base no livro de Atos dos Apóstolos 6.1-7 e destacou em sua mensagem que a “Igreja viva é movimento do Espírito Santo”. Disse se referindo ao fundador do metodismo John Wesley. “Tivemos muitos momentos de rupturas que geraram outras denominações, além das crises educacionais e muitas das nossas instituições sociais, mas podemos afirmar que uma Igreja do coração aquecido é uma resiliente”. 

Ainda, segundo o bispo, esse movimento, vivo, constante e crescente passa a alcançar homens e mulheres que recebem o dom do Espírito Santo – narrativa descrita em Atos 2.42-47.

“Em suas notas sobre o Novo Testamento o Rev. John Wesley entende que a unidade, é o meio para purificar e fortalecer a comunhão com Deus. A ação pela liderança acolhida pela comunidade de discípulas e discípulos, ninguém poderia ser esquecido na comunidade de fé. Precisamos considerar que a unidade da Igreja não se constrói por mérito pessoal porque a unidade da igreja está em reconhecer que ela já foi reconhecida pelo Senhor Jesus”, disse o bispo Luiz.

O bispo concluiu enfatizando sobre a importância da oração na vida da Igreja. “Nosso povo desde as crianças, não se resume somente em nós aqui. Ele é maior, é representativo. O povo de Deus é conciliar e precisa ouvir a vós de Deus e que o Espírito Santo nos alcance nesse tempo conciliar”, concluiu.

O culto terminou com a celebração da ceia às 23h. O bispo Presidente, com o apoio da plenária, decidiu que a instalação, orientações e contagem do Rol de membros, seja retomado amanhã, dia 04 de julho, no primeiro horário da sessão.

Representatividade - Todas as oito Regiões Eclesiásticas e as duas M­­­­issionárias estão representadas pelos/as Delegados/as que são eleitos/as nos respectivos concílios regionais. Ao todo são 349 pessoas entre votantes, não-votantes e visitantes como segue a seguir: 266 votantes, 27 não-votantes, 19 suplentes, 18 GT e equipes, 19 visitantes.

Primeira sessão – A primeira sessão do 21º Concílio Geral aconteceu e dezembro de 2021 na modalidade online. A sessão teve pauta única que era a prorrogação de mandatos dos cargos até a realização da 2ª sessão conciliar que acontece em Sorocaba. Para saber mais sobre a sessão conciliar que aconteceu em dezembro acesse AQUI!


Posts relacionados

Atualidade, Capa, Última Edição, por José Geraldo Magalhães

EC de janeiro: 21º Concílio Geral (Vol. 136 N. 1 2022)

Pela primeira vez na história da Igreja Metodis-ta, após 20 Concílios Gerais, foi realizada uma ses-são on-line no dia 11 de dezembro. A pandemia da covid-19 contribuiu para o adiamento do conclave, que ocorreria em julho e, posteriormente, em outubro, sendo adiado mais de uma vez.