Publicado por José Geraldo em Igreja e Sociedade | 25/01/2021 às 07:27:35

Ofício da Conexão Wesleyana de Santidade ao Ministro Eduardo Pazuello


São Paulo. 22 de janeiro de 2021.

Ministro da Saúde
General Eduardo Pazuello

Senhor Ministro,

Dirigimos-nos a Vossa Excelência, enquanto Igrejas Metodistas e Wesleyanas que nasceram sob a inspiração do Reverendo John Wesley, fundador do metodismo, no século dezoito na Inglaterra.

O movimento metodista está presente ao redor do mundo em mais de cem países somando mais de oitenta milhões de seguidores e seguidoras.

No Brasil, há mais de cento e cinquenta anos tendo como única finalidade o anúncio integral do Evangelho de Jesus Cristo tendo como eixos fundamentais a evangelização, a educação e a promoção da dignidade da vida, por meio uma cidadania responsável e comprometida com a totalidade da vida e com ação social.

Nesse sentido, o fundador do metodismo, à luz dos esteios do Evangelho de Jesus Cristo, enfatiza que a prática do evangelho envolve compromisso junto ao povo marginalizado e, consequentemente, no exercício da justiça, da misericórdia, da compaixão e da solidariedade e “creem que tornar o cristianismo individualista é, na verdade destruí-lo”.

Respeitosamente, expressamos e solicitamos:

• Temos acompanhado, com extrema expectativa, o cenário mundial e brasileiro em decorrência dos grandes desastres advindos do novo coronavírus (COVID-19). Como pastores, pastoras e líderes, temos presenciado com extrema tristeza os avanços desse vírus na vida de milhões de pessoas e com um número de óbitos alarmante batendo à porta das nossas famílias diariamente.

• Nos últimos dias recebemos a alvissareira notícia da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA): o uso emergencial das vacinas, bem como o lançamento da Campanha Nacional de Vacinação (COVID-19). Com absoluta certeza, a chegada da vacina traz um grande alento de esperança para a população brasileira. Como cristãos e cristãs metodistas e wesleyanos, reconhecemos o dom da ciência para a cura dos povos. Por isso, damos graças a Deus pela inteligência humana à serviço da vida. Como parte da nossa tarefa pastoral e educativa, envidaremos todos esforços possíveis para conscientizarmos o nosso grande rebanho da importância da vacina como um bem pessoal e social.

• Entendemos, Senhor Ministro da Saúde, que será imprescindível que o “Programa Nacional de Imunização” seja para toda a população brasileira e, igualmente, gratuito e desenvolvido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ou seja, que não seja permitida a comercialização da vacina para benefícios de uns em detrimento de outros. Dessa forma, solicitamos a Vossa Excelência envidar todos os esforços necessários a fim de que, concomitantemente, desenvolvamos uma Campanha Nacional de conscientização sobre a importância e segurança da vacina, valendo-se de todos os meios de comunicação. Conte com nosso apoio neste sentido.

Oramos em favor de todas as autoridades governamentais para que sejam bem-sucedidas no combate a pandemia e na promoção da justiça e da paz do povo brasileiro, em especial, os pobres e necessitados.

Com gratidão,


Tags: sem tags no momento!