Publicado por José Geraldo Magalhães Jr. em Notícia | 29/01/2019 às 11:48:11


Falece aos 82 anos a viúva do Bispo Scilla Franco


Faleceu na manhã do dia 28 de dezembro, aos 82 anos, a metodista Concília Januário Franco, viúva do Bispo Scilla Franco, que presidiu a 5ª Região Eclesiástica (RE) da Igreja entre 1988 e 1991. A irmã Concília atuava como membro da Igreja Metodista em Ponta Porã/MS, mas congregou em outras comunidades metodistas na 5ª RE, como na Igreja Metodista de Dourados/MS, onde aconteceu o ofício fúnebre no dia de seu falecimento. 

A pastora metodista Maria Imaculada, que teve a oportunidade de se reunir com Concília em novembro, em Ponta Porã, compartilhou uma nota de pesar nas redes sociais e se referiu ao recente encontro com gratidão. “Foram momentos de alegria, compartilhamento e certeza de que nossa amizade foi firmada no amor do Senhor! Às filhas, ao filho e a todos os parentes, que o Senhor console e conforte! Ele é abrigo, consolo e graça!”, escreveu a Pastora Imaculada.

As filhas, Glória e Márcia, e o filho, Adolfo Franco, comunicaram no Natal que a irmã Concília já se encontrava internada no Hospital Evangélico de Dourados, em Mato Grosso do Sul, onde permaneceu até o momento de sua partida. A filha Glória Franco expressou sua gratidão pela vida e missão da mãe.

A Igreja Metodista brasileira reconhece o trabalho realizado pela irmã Concília Franco ao lado do Bispo Scilla Franco e de metodistas que levaram o evangelho na 5ª Região Eclesiástica, inclusive através da missão indigenista. Que o Espírito Santo consolador esteja com familiares e a família de fé nesse tempo.

Ministério - Em 2015, a equipe do Expositor Cristão realizou uma viagem missionária aos estados do Ceará, Roraima e Mato Grosso do Sul, para a produção de reportagens dos trabalhos metodistas junto aos povos indígenas. 

Em Dourados/MS, após conversar com o casal de missionários Paulo Costa e Maria Imaculada Costa, nossa equipe esteve na casa de dona Concília Franco para uma entrevista sobre o trabalho missionário junto ao povo indígena Tapeporã.

Foi ao lado do saudoso Bispo Scilla Franco que dona Concília se dedicou na missão indígena. Ela contou que deixava as crianças na cidade para ficar com o Bispo Scilla Franco no mato – no trabalho missionário com os/as índios/as. “Nós pregávamos o evangelho para eles/as com a vida”, disse dona Concília na reportagem sobre os povos indígenas, disponível no site da Sede Nacional.

Redação EC

Publicado na edição de fevereiro de 2019 do Jornal Expositor Cristão impresso.


Tags: scilla-franco, concilia-franco