Publicado em Capa, Editorial, Opinião | 18/12/2017 às 13:58:34


Integridade - Qual é o valor da sua?

O preço da integridade!

Sabemos que o tema definido pelo Colégio Episcopal para o próximo período eclesiástico está relacionado à integridade. Quando comecei a fazer o espelho do jornal (pautas que entrariam na edição), pensei em abordar essa temática por ser tão importante na vida do ser humano. Recordei-me, então, da peça clássica de Robert Bolt “Um Homem para a Eternidade”, que relata a história de Sir Thomas More.

Ele se distinguiu como uma pessoa estudiosa, um bom advogado, embaixador e, por fim, como primeiro-ministro da Inglaterra. Era um homem de absoluta integridade. A peça se inicia com as palavras ditas por Sir Richard Rich: “Todo homem tem seu preço! Em dinheiro ou em prazeres; títulos, mulheres, posses, sempre existe algo”. No decorrer da peça, o rei Henrique VIII aspirava separar-se da rainha Catarina e casar-se com Ana Bolena. Mas tinha um problema: o divórcio era proibido pela Igreja Católica.

Então, o rei Henrique VIII, sem querer ver suas vontades frustradas, estabeleceu que seus subordinados jurassem apoiá-lo em seu plano de conseguir com êxito o divórcio. Sir Thomas More, que era amado e fascinado pelo povo, não o apoiava — sua consciência não admitia que assinasse o juramento. Ele não se dispunha a submeter-se, mesmo a um pedido pessoal do rei. No ponto crucial da peça, Sir Thomas More foi julgado falsamente por traição, mas não vendeu sua integridade.

Em nossa vida, sem dúvida alguma, muitos/ as vão relembrar o passado em meio a lágrimas, como é o caso da maioria dos políticos brasileiros que foram presos na Operação Lava Jato e, quem sabe, repetir constantemente: “Por que vendi minha alma em troca da fama, de prazeres físicos momentâ­ neos ou por dinheiro? Por que vendi minha integridade por um preço?”.

Outros/ as vão lembrar que tiveram a oportunidade de vender a integridade e não o fizeram e Deus os/as honrou. Iniciamos o ano falando de integridade, o mesmo tema das revistas para a Escola Dominical, que já estão disponíveis no site da Angular Editora, falamos também sobre as reuniões das lideranças nacionais e seus desdobramentos, demissões nas instituições metodistas. E não poderia deixar de abordar sobre as férias. Se for para o Nordeste este ano, não deixe de ler a reportagem das páginas 6 e 7 desta edição. Que Deus nos dê um ano cheio de graça!

Pr. José Geraldo Magalhães
Editor-chefe | Expositor Cristão

Faça download gratuito da edição digital abaixo:

EDIÇÃO DIGITAL EM .PDF

 

 

Tags: sem tags no momento!