Publicado em Notícias, Conscientização | 05/12/2018 às 10:03:51


Novembro Azul na Igreja Metodista em Porciúncula

ldjneaoa-682-800x568.jpg


As equipes da Secretaria de Saúde de Porciúncula (RJ), Unidade Básica de Saúde e Centro de Infectologia e Vacinação, atendendo a convite da Igreja Metodista, ofereceram no dia 26 de novembro, um grande momento com os homens da instituição por ocasião do Novembro Azul, uma campanha de conscientização ao combate ao câncer de próstata. Os profissionais de saúde falaram sobre o câncer de próstata e a importância do autoexame.

Os exames mais indicados para avaliar a saúde da próstata são o toque retal e a análise sanguínea do PSA, que devem ser realizados todos os anos por todos os homens com mais de 50 anos de idade. Quando são encontradas alterações nestes dois exames, o médico pode solicitar outros como a medição do jato de urina PCA3 e a biópsia, que são solicitados de acordo com a necessidade de cada pessoa. Esclareceram dúvidas e ainda informaram dias de atendimento para coleta de preventivo nas Unidades Básicas de Saúde.

“O tratamento do câncer exige muita força de quem luta contra essa enfermidade. Muitas superaram as dores e os desconfortos do tratamento com a fé que, aliada ao conhecimento médico, promove uma melhora significativa nas pacientes. As pessoas que buscam a espiritualidade adquirem a resiliência básica que promove alegria interior e segurança”, explicou Vanessa Monteiro, enfermeira do Programa Saúde.

Compreendendo a importância da fé aliada à medicina, a Igreja Metodista aderiu ao movimento e reuniu suas fiéis para esclarecimentos e cuidados. “A igreja não pode ficar omissa quanto ao relacionamento com a comunidade. A campanha é um projeto social de excelente alcance no campo da prevenção. As equipes ainda realizaram coleta de sangue para testes de HIV, Hepatite B e C e Sífilis. No final da palestra o pastor Paulo da Igreja, responsável pelo evento agradeceu a todos profissionais da saúde, pela orientação dada aos homens.

Um grande lanche foi oferecido aos homens presentes. As instituições que desejarem reunir os homens em torno do assunto e falar abertamente sobre questões masculina devem entrar em contato através de ofício para a Secretaria Municipal de Saúde ou Saúde.
 

Por Sebastião Pereira
Enviado pelo projeto publique sua notícia no EC


Tags: sem tags no momento!