Fortalecer o vínculo entre o/a responsável e a criança

Na grande festa de Pentecostes (50 dias depois da Páscoa – festa de alegria, comunhão e ação de graças em que o povo oferecia os primeiros frutos que a terra tinha produzido a Deus) na cidade de Jerusalém, todos/as aprendiam a ser responsáveis com Deus e com o próximo, lembravam que Ele é o Criador e Sustentador de tudo.

Mais

Reflexão e a solidariedade no contexto da vida cristã

Leia o texto bíblico, comente que Jesus estava explicando muitas coisas a uma multidão que queria saber como deveriam fazer para agradar a Deus. Jesus respondeu de uma forma bem simples: “repartam o que vocês têm com quem precisa”.

Mais

A presença das crianças nos projetos da Igreja

Objetivo: Possibilitar a reflexão sobre a importância da presença das crianças nos projetos da Igreja. Texto bíblico: Salmos 22.9-10 Desenvolvimento: Leia o texto bíblico e explique sobre o amor de Deus que nos visitou desde quando estávamos dentro da barriga da nossa mãe. Diga que, independentemente do que tenhamos vivido ou estejamos vivendo, Deus não desiste de nós e Seu amor por nós existe, ainda que não percebamos. Tenha um papel no qual estarão fixadas frases ou imagens de diversas atividades que a Igreja Metodista desenvolve com crianças (Escola Dominical, Culto com Crianças, EBF, Tardes Alegres, Escola de Futebol, Escola...

Mais

Deus criou o mundo e nos designou como mordomos

Objetivo: Possibilitar o reconhecimento de que Deus criou o mundo e nos designou como mordomos para cuidar de tudo que Ele fez. Texto bíblico: Gênesis 2.25 Desenvolvimento: Leia o texto bíblico e explique que somos parte de toda a criação de Deus. A parte responsável por cuidar de tudo mais. Explique que Deus nos entregou sua criação para que atuássemos como mordomos, ou seja, cuidadores/as de Deus. Está sob a nossa responsabilidade o céu, o ar, a terra, as plantas, as águas, os animais, as pessoas, os relacionamentos: tudo o que Deus criou precisa ser cuidado. Destacar que Deus, ao criar, cuidou para que tudo fosse perfeito, atendendo, assim, a todas as necessidades das pessoas e que quando não nos preocupamos com os/as outros/as, as coisas deixam de ser do jeito que Deus quer, provocando sofrimento e desordem no mundo de Deus. Mostrar às crianças uma planta que está morrendo por falta de cuidados. Plantar, com elas, sementes, para que cuidem. Explicar que da mesma forma é a vida das pessoas: precisamos cuidar para que tenham tudo que as torne plenamente satisfeitas (comida, vestimentas, saúde, lazer, moradia, transportes, acessibilidade, etc.). Dizer que, quando faltam coisas necessárias à vida, não é do jeito que Deus sonhou. Lembrar que os mordomos (nós) precisam cuidar uns dos outros para que a realidade seja a expressão da vontade de Deus. Ao final da...

Mais

Entendendo a Igreja como um corpo

OBJETIVO: Possibilitar o entendimento da Igreja como corpo. TEXTO BÍBLICO: 1 Coríntios 12.1-12 DESENVOLVIMENTO: leia o texto bíblico e explique o que Paulo estava ensinando àquela igreja sobre o funcionamento da Igreja de Cristo e de que forma os dons que o Espírito de Deus distribui para nós devem ser usados a serviço uns/ as dos/as outros/as e da Igreja, de modo geral. Falando sobre os dons, Paulo explicou que a Igreja é como um corpo que deve funcionar em harmonia e com equilíbrio. Ele destacou Jesus Cristo como a cabeça desse corpo, pois todas as nossas ações são...

Mais
  • 1
  • 2

EDIÇÃO DE JULHO

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS

Cadastre-se e receba as notícias do Jornal Expositor Cristão no e-mail.
A inscrição é gratuita e seu endereço eletrônico não será compartilhado com terceiros!