2017_08_criancas

Além dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, que receberam os projetos sociais de destaque da capa desta edição, várias outras partes do país compartilharam a alegria de encontrar centenas de voluntários/as metodistas pelas ruas realizando impactos evangelísticos e sociais durante o mês de julho. No estado do Rio Grande do Sul, a 2ª Região Eclesiástica celebra a 13ª edição do Projeto Missionário Regional. As ações missionárias serão na cidade de Rosário do Sul, entre os dias 21 e 23 de julho. Assim como acontecem em outros estados, as ações sociais são oferecidas gratuitamente para a comunidade.
.
Os estados de Minas Gerais e Espírito Santo escolheram três cidades este ano para receberem o projeto Passa à Macedônia, que já acontece há 21 anos na 4ª Região Eclesiástica. Anualmente a proposta é selecionar Campos Missionários e Congregações para incentivar o alcance da autonomia, como é o caso das igrejas em Serra/ES, Santos Dumont/MG e Topázio, distrito do município de Teófilo Otoni/MG, que recebe o projeto pela primeira vez.
.
O Pastor Gilson Clemente, nomeado para a congregação de Topázio, explicou a importância da chegada de projetos como esse à cidade. “A expectativa é muito boa, até porque é uma novidade. Nunca teve o Passa à Macedônia aqui, e até agora já temos 82 voluntários/as inscritos/as. A organização aguarda de 120 a 150 voluntários/as no total, podendo até passar um pouco”, explicou ao lembrar que é um bom número de participantes para uma comunidade pequena.
.
Durante o período do projeto, aconteceu a inauguração do novo templo de Topázio, para onde a comunidade programou a vinda de dois ônibus da comunidade indígena Maxacali, com a qual a Igreja Metodista já atua através da missão indigenista. “No dia seguinte à inauguração, vamos levar cortes de pano de tecido e kits de costura para a aldeia, pois as mulheres fazem as próprias roupas, além de realizar a entrega de cestas básicas no distrito”, informou o pastor Gilson.
.
Já a 5ª e 8ª Regiões Eclesiásticas (RE) decidiram se unir na edição deste ano do Projeto Uma Semana Pra Jesus. É a 22ª edição para a 5ª RE, mas a 1ª edição para a 8ª RE, que se tornou oficialmente Região Eclesiástica no último Concílio Geral, em 2016. A cidade que recebeu a ação foi Ipameri/GO, entre os dias 21 e 28 de julho. A união entre as duas regiões rendeu mais de 600 voluntários/as inscritos/as até o fechamento desta edição, mas aguarda entre 700 e 800 pessoas no total para realizar os trabalhos nesse projeto que leva, além do impacto evangelístico, ações sociais para a cidade que já conta com a presença metodista. “A expectativa é muito grande, pois temos apoio e acolhida da Prefeitura, Polícia Militar, Sindicado Rural de Ipameri, Sindicato de Funcionários Públicos Municipais de Ipameri e até do Arcebispo Dom Guilherme da Diocese da cidade, onde vamos fazer todas as refeições”, explicou Jane Eyre Mata, responsável pela área de comunicação.

2017_08_julhoprajesus
Outro projeto nesse modelo é o Julho para Jesus, que acontece na 6ª Região Eclesiástica. Ester Lopes, coordenadora da ação nos últimos 19 anos, falou com o Expositor Cristão sobre como é viver essa história. “Queremos celebrar esse tempo que o Senhor nos concedeu de estarmos juntos/as. Temos sete missionários/as que participaram de todas as edições, e isso nos alegra muito”, explicou.
.
Uma dessas missionárias é Lucimara Silva Lopes, que participa da ação desde os 12 anos de idade e relembra que, mesmo adolescente, já começou a ter o seu chamado identificado através do projeto. “Na época fui colocada para fazer as visitas. Fui conhecendo várias áreas, trabalhei na área do teatro, coreografia e na área de aparência pessoal. Em 2010 eu fui convidada para suprir uma necessidade na coordenação, e desde então sou secretária do projeto”, contou.
.
Hoje, Lucimara é coordenadora do Projeto Estação Cibim, em Cornélio Procópio/PR, que desenvolve ações semelhantes aos impactos de julho na cidade. Sobre ter participado das 20 edições, ela afirma: “É um sentimento de gratidão a Deus, pois é um privilégio participar, acompanhar todo o desenvolvimento do projeto e ver o que Deus tem. A gente vem para abençoar e volta abençoado”.

Outros projetos

Os projetos missionários pelo país não pararam mesmo depois do fechamento desta edição. Entre os dias 24 e 30 de julho, a programação foi voltada para a cidade de Três Rios, no Rio de Janeiro. A Federação Metodista de Jovens (Femejo) ofereceu treinamento aos/às voluntários/as do Distrito para capacitar líderes interessados/as no objetivo da missão que é comum em todo o país: exercer o chamado missionário. “O objetivo é capacitá-los/as a exercerem o seu chamado missionário e de liderança na sua igreja local, bairro, cidade, país e até em outras nações, entendendo o que de fato é liderança e missão”, convida o edital do projeto.
.

A proposta é a vivência de uma experiência intensiva tanto teórica quanto prática. Thiago Glaser, presidente da Femejo da 7ª RE, já conta com a inscrição de 110 voluntários/as, incluindo 15 que participaram da capacitação para líderes, dispostos/as a realizar um belo projeto na cidade. “Vamos fazer um trabalho de rua no final do sábado, e no domingo vamos fazer uma ação no Instituto Metodista Carlota Pereira Louro, realizando atividades e levando as doações que já estamos arrecadando, além de conversar com os/as idosos/as”, explica. O Instituto será atendido também pela Oferta de Ação Social 2017 (veja nas páginas 4 e 5).
.

A Região Missionária da Amazônia (Rema) também realizou mais uma viagem no mês de julho com o Barco Hospital Metodista, visitando comunidades ribeirinhas da Amazônia. A Equipe de Ibiporã, no Paraná, compôs o time de voluntários/as do mês. “Uma semana muito abençoada com atendimento médico, odontológico, corte de cabelo, atividades com as crianças, palestra para jovens e adolescentes, suporte às escolas e, para a honra e glória do Senhor, cultos e batismo”, afirmou a organização no site oficial do projeto. Para conhecer mais sobre cada uma dessas atividades e ver os álbuns de fotos completos, acesse nosso site: www.expositorcristao.com.br.

Sara de Paula
Publicado originalmente no jornal Expositor Cristão de agosto/2017