O Pastor metodista Georg Emmerich, nomeado para Igreja Central de Natal, no Rio Grande do Norte, participou da entrevista realizada pela TV da Assembleia na última terça-feira, 4. A pauta tratava sobre a mobilização que a comunidade tem feito para cobrar do poder público a abertura de mais delegacias especializadas na proteção da mulher. Saiba mais sobre a campanha clicando aqui.

“O que nós estamos pleiteando junto aos Direitos Humanos e a Assembleia Legislativa, é que o Poder Público providencie urgentemente mais delegacias da mulher e também um atendimento que cubra nos finais de semana e nos horários noturnos”, explicou o pastor à redação do EC, ao lembrar que as cinco delegacias que existem hoje, não funcionam nos horários que registram maior ocorrência: durante as noite e nos finais de semana. “O Rio Grande do Norte tem mais de 3 milhões de pessoas e 51% delas são mulheres para cinco delegacias no estado todo. É um absurdo”, afirma.

Emmerich falou ainda sobre a responsabilidade que é representar a igreja na mídia secular. “Representar a nossa igreja, sobretudo nos aspectos sociais, é um grande desafio para qualquer pessoa, inclusive para mim como pastor. […] graças a Deus nós estamos avançando nesse sentido, combatendo as desigualdades e também nessa questão das delegacias especializadas na proteção da mulher onde existe uma demanda muito grande aqui”, explicou o pastor.

Confira o abaixo-assinado.

Redação EC
Com informações de Igreja Metodista em Natal | Pastor Georg Emmerich