2017_07_im_pe2

Divulgação Igreja Metodista Catende (PE)

A Diaconia, em parceria com as Igrejas Membros da ONG, não atua somente em seus projetos como mencionado na matéria, mas também oferece socorro durante emergências, como foi o caso das 24 cidades que ficaram em situação de emergência no estado de Pernambuco, depois das chuvas de maio. Mais de 45 mil pessoas ficaram desabrigadas e desalojadas devido às enchentes, deslizamentos de barreiras, quedas de árvores e rodovias interditadas.

Tanto a sede da ONG Diaconia, localizada em Recife/PE, como outras igrejas membros espalhadas pela região, se tornaram pontos de arrecadação para socorrer as vítimas. A ação aconteceu em parceria com a Associação Batista de Ação Social (ABAS), da Convenção Batista. O Distrito Nordeste II da Região Missionária do Nordeste (REMNE) da Igreja Metodista envolveu suas comunidades na causa.

O Superintendente Distrital, Pastor Samuel Luis da Silva, conta com alegria como foi o processo. “Arrecadamos roupas, cobertores, cestas básicas, móveis e outros materiais para amenizar a situação desse povo”. As Igrejas Metodistas de San Martin, Catende, Central de Recife (Torre) e Central de Guararapes foram algumas das que abraçaram a causa, ajudando mais de 60 famílias. “Baixamos nossas bandeiras denominacionais e fizemos essa parceria com a Diaconia para atender a população. A Diaconia é uma eterna parceira”, se regozija.

A Bispa Marisa de Freitas destacou o trabalho da Diaconia nessa emergência. “Nessa questão das chuvas, a Diaconia é uma das ONGs que trabalharam muito acompanhando a situação. Recife se mobilizou, o estado de Pernambuco se mobilizou e muitas frentes também, com um trabalho muito bem-feito”, explicou a presidente da Região. Saiba mais sobre as ações no site: www.expositorcristao.com.br.

Sara de Paula
Publicado originalmente no jornal Expositor Cristão de julho