2017_06_historica_londrina

Completando 52 anos de sua criação (1965), a Sexta Região Eclesiástica da Igreja Metodista conta atualmente com 82 igrejas e 72 campos missionários, sendo 23 distritais e 49 locais. Distribuídos nos dez distritos (Paraná e Santa Catarina) estão quase 36 mil metodistas, 75 missionários/as designados/as e 133 membros clérigos. Esses dados são oferecidos pelas estatísticas de 2016.

Quando da celebração comemorativa do cinquentenário da Sexta Região Eclesiástica, o bispo João Carlos Lopes se manifestou: “No dizer do profeta, é importante trazer à memória aquilo que pode nos dar esperança. É por esse viés que eu vejo a celebração dos 50 anos de autonomia da Sexta Região. Pastores e leigos/as num tempo difícil aceitaram o desafio de oferecer liderança para o povo metodista no Paraná e em Santa Catarina. Foram exemplos de fé, perseverança e esperança. Entre eles, podemos citar Acidy Martins de Castro, Adão Rufino Ribeiro, Jacy Firmino, Rosalino Domingos, Wilbur Smith, Reinaldo Leão, Waldir Pérez Marins. Richard Canfield e tantos outros”, memorizou.

O início

A criação da Sexta Região Eclesiástica aconteceu no 9º Concílio Geral da Igreja Metodista, em julho de 1965, nas dependências do Colégio Bennett, no Rio de Janeiro. Até essa data, o território da nova região fazia parte da 2ª Região (Santa Catarina e sul do Paraná) e da 5ª Região (norte do Paraná).

O Primeiro Concílio Regional e o Concílio Constituinte foram realizados nos dias 20 a 23 de janeiro de 1966, na Igreja Metodista Central, em Londrina, Paraná. Segundo registros das Atas e documentos do Primeiro Concílio Regional (1966), a Sexta Região Eclesiástica foi constituída com um ministério ativo de 19 obreiros/as, distribuídos/as em cinco distritos abrangendo os dois Estados: Metropolitano, União Norte Paranaense, Centro-Norte-Paranaense e Noroeste-Paranaense. O total de membros leigos era de 3.784, distribuídos nas 24 igrejas dos diversos distritos.

No Primeiro Concílio da Sexta Região Eclesiástica, sob a presidência do bispo Wilbur K. Smith, aconteceram a ordenação dos novos Presbíteros, Samuel de Souza, Rosalino Domingues e Reynaldo Ferreira Leão Jr., e a consagração dos novos Diáconos, Acidy Martins de Castro, Antonio Jairo Porto Alegre, Mesac Roberto Silveira, Russel da Silva Ribeiro e Luiz Ferraz dos Santos.

A Administração Regional organizada no Concílio Constituinte ficou assim: Gabinete Episcopal: Wilbur K. Smith (presidente), Waldir Pérez Marins, Richard Santos Canfield, Rosalino Domingues, Ezequiel Candido de Lima e Luiz Carlos Neves; Oficiais Regionais: Secretaria de Educação Cristã, Ary Pereira Braga; Secretaria de Missões e Evangelização, Miguel Cacioni; Secretaria de Ação Social, Antonio Jairo Porto Alegre; Tesoureiro, Mesac Roberto Silveira; Arquivista, Ubirajara Silva.

Em 1966, no encerramento do Concílio Constituinte da Sexta Região Eclesiástica, a palavra da presidência do conclave foi em forma de oração profética: “Que o Senhor continue a abençoar a Igreja Metodista no Brasil para que, por esse processo de divisão regional, ela se multiplique em nossa terra e, muito em breve, vejamos outras Regiões ocupando outros pontos do Brasil”, orou o bispo Wilbur K. Smith.
Nessas mais de cinco dezenas de vida missionária, a Sexta Região Eclesiástica já esteve sob a presidência de três bispos: Wilbur K. Smith (1966 a 1978), Richard Santos Canfield (1979 a 1997) e João Carlos Lopes (de 1998 até hoje).

“Em consonância com a ênfase Nacional de transformar cada estado brasileiro em Região, vamos trabalhar esses dois próximos quinquênios para fazer de Santa Catarina uma Região Eclesiástica. Para isso, buscamos recursos financeiros e treinamentos em avanço missionário, plantação de igrejas e discipulado”, anuncia o Bispo João Carlos Lopes, presidente da Sexta Região Eclesiástica. Nos dois últimos quinquênios, a Sexta Região tem enfatizado o envio de missionários/as para o exterior. “Já enviamos missionários/as para o Peru, Panamá, Reino Unido, Quênia, Gana, Estados Unidos e Moçambique”, lembra o Bispo João Carlos.

A Sexta Região Eclesiástica, com abrangência nos estados do Paraná e Santa Catarina, desde 2003, está com sua Sede na Avenida Sete de Setembro, 3.235 – no 4° andar do Edifício João Wesley – junto à Igreja Metodista Central de Curitiba.

Pastor Elias Colpini
Ministério Regional de Comunicação da Sexta Região

Comentários