2016_02_aventureiros_acecenaObjetivo

Fortalecer o vínculo entre o/a responsável e a criança e aprender a palavra de Deus

A grande festa de Pentecostes

Na grande festa de Pentecostes (50 dias depois da Páscoa – festa de alegria, comunhão e ação de graças em que o povo oferecia os primeiros frutos que a terra tinha produzido a Deus) na cidade de Jerusalém, todos/as aprendiam a ser responsáveis com Deus e com o próximo, lembravam que Ele é o Criador e Sustentador de tudo.
Durante a festa, em uma casa, os/as discípulos/as junto com Maria e outras pessoas se reuniram para orar. De repente, do céu veio um barulho que parecia um vento muito forte soprando e encheu toda a casa, o Espírito Santo veio como línguas de fogo em cada cabeça e se encheram do Espírito de Deus e começaram em voz alta a gratidão e o louvor a Deus, falando em outras línguas que nunca estudaram.
E, quando a multidão ouviu aquele barulho, ajuntaram-se, ficaram curiosos/as e surpresos/as, pois os/as seguidores/as de Jesus estavam falando várias línguas, e eles/as podiam entender tudo. Como pode cada um/a entender na sua própria língua? Perguntavam-se as pessoas umas às outras.
— Eles estão falando das coisas de Deus, eu posso entender!
Mas alguns/as não estavam impressionados/as e diziam:
— Eles/as estão bêbados/as ou com espíritos maus!
Pedro então explicou:
— Ouçam, todos/as. Não estamos bêbados/as! Foi o Espírito Santo que nos deu poder para falar na língua de cada um/a de vocês.
Pedro começou a pregar, e muitas pessoas se converteram e se arrependeram, e começaram a seguir a Jesus. Deus pode fazer isso na sua vida, busque a Deus e sua vida vai mudar, não será a mesma.

Equipe DNTC