facabonito_logometodista

O dia 18 de maio já é marcado há 17 anos pela Mobilização Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e a pastoral de Direitos Humanos da Igreja Metodista brasileira apoia a campanha “Faça bonito”, que traz a conscientização do problema. A data foi escolhida com base no caso de da menina Araceli, de oito anos de idade, morta em um crime hediondo na cidade de Vitória (ES), em 1973. O projeto apoiado pela igreja já alcançou diversos municípios pelo país, incentivando as organizações a trazerem o assunto para dentro das comunidades cristãs.

Uma das ferramentas usadas por metodistas é o Projeto Sombra e Água Fresca (SAF), que desenvolve atividades com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ao redor do Brasil.  Conheça o site oficial. Além disso, as igrejas locais são incentivadas a trabalharem com as crianças como alvo da missão, inclusive se preocupando com sua proteção e segurança.

A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração.

“Queremos convocar todos – família, escola, sociedade civil, governos, instituições de atendimento, igrejas, universidades, mídia – para assumirem o compromisso no enfrentamento da violência sexual, promovendo e se responsabilizando para com o desenvolvimento da sexualidade de crianças e adolescentes de forma digna, saudável e protegida”, afirma o documento disponível no site oficial da campanha, onde destacam também três sugestões de ação:

  • Fortalecimento da mobilização e sensibilização de massa – atos de rua, caminhadas, etc… Com a participação de crianças e adolescentes. (Protagonismo)
  • Pauta técnica – Articulação – fortalecimento da Rede – Seminários, por meio dos Comitês, Redes e Fóruns locais
  • Incidência Política – Audiência Pública no Congresso, nas Assembleias, Câmaras Municipais para cobrar a IMPLEMENTAÇÃO do Plano Nacional, Estadual e ou Municipal

Você pode apoiar e divulgar a campanha em suas redes sociais, aderindo a arte do “Faça bonito” em sua foto de perfil. Representada por uma flor, a ideia é trazer uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a necessidade de cuidado e proteção para um desenvolvimento saudável. Acesse o site oficial aqui.

Compartilhe conosco o que a sua igreja tem feito para defesa de crianças e adolescentes através do Projeto Você Repórter.

Redação EC
Com informações da Pastoral dos Direitos Humanos