2017_02_elaine_dntcA partir deste mês, Elaine Rosendal Siqueira da Silva assume a coordenação do Departamento Nacional de Trabalho com Crianças (DNTC). O nome dela foi encaminhado em uma lista tríplice ao Colégio Episcopal no final do ano passado. As atividades que envolvem a coordenação do departamento são a preparação de encontros, produção de materiais de apoio, por exemplo, a Escola Bíblica de Férias, textos e histórias para a página da criança no Expositor Cristão.
.
Elaine é a quinta geração de metodistas. O exemplo dos pais fez de Elaine uma pessoa dedicada ao trabalho com as crianças. “Sempre estive na igreja Metodista desde pequena, vendo o exemplo da minha mãe, avó e familiares que trabalhavam em várias áreas; também dedico minha vida a Deus de várias maneiras. Já atuei no louvor, grupo de dança, como conselheira de juvenis e jovens, na superintendência de Escola Dominical, professora de crianças e coordenadora do ministério com crianças”, disse Elaine fez parte da equipe regional como assessora da coordenadora, Myriam Prado, por nove anos. Em 2012, assumiu a coordenação do Departamento Regional de trabalho com Crianças da 3ª Região Eclesiástica.
.
Receber a aprovação para coor­denar o DNTC foi um misto de surpresa e alegria. “Aceitei o desafio com alegria e temor, pois Deus falou comigo que era um novo desafio na minha vida e na vida da igreja. O ministério de Crianças tem uma importância muito grande na minha vida, portanto, precisamos investir nas crianças para o Reino de Deus. Quando perguntei sobre as expectativas, Elaine recorreu aos documentos da Igreja. “Quero ser uma bênção no DNTC, ajudando a fortalecer e a valorizar as nossas crianças, ou seja, que elas possam ser “nossa prioridade”, como diz na Pastoral da Criança da Igreja Metodista. Espero poder aprender e ensinar nesta diversidade que é a Igreja Metodista”, disse.

A nova coordenadora dará continuidade nas ações do DNTC, mas deseja “ampliar os recursos que estão disponíveis no DNTC de forma mais efetiva e fazer uma interação maior entre as pessoas que trabalham ou querem trabalhar com as crianças”. Elaine aponta a importância do trabalho realizado nas igrejas locais com as crianças, pois é lá que existem as oportunidades de ensiná-las sobre a fé. “É na igreja local que a pessoa que trabalha com crianças irá conscientizar a Igreja sobre a importância do seu papel na vida de nossas crianças, ensinando e incluindo nossos/as pequenos/as no Reino de Deus”, alertou Elaine.

Ela ressalta também a importância dos/as pastores/as na valorização das crianças na comunidade local para mostrar com ações concretas a importância delas no Reino de Deus. Valorizar o ministério local, os trabalhos distritais, regionais e nacionais com os trabalhos com crianças. “É importante que o grupo se capacite, dando oportunidades para as crianças nos diversos ministérios e cultos”.

Na perspectiva da nova coor­denadora, a Igreja Metodista pode melhorar o trabalho com crianças. “Temos caminhado, mas há objetivos a serem alcançados na questão da violência e proteção da criança, a qualidade do que é oferecido nas igrejas, formação de professores e professoras, inclusão das crianças na vida da igreja (cultos, decisões e outros), conscientização do papel da família. Nosso trabalho é bem amplo, mas essencial no Reino de Deus”, finalizou.

José Geraldo Magalhães
Publicado originalmente no Expositor Cristão impresso de fevereiro/2017. Acesse aqui.

Leia também a entrevista com Rogéria Frigo, que se despede da coordenação do DNTC.