copy-of-postfreias7

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizará até o dia 5 de março de 2017 a Operação Integrada Rodovida em todo país. O objetivo da ação é reduzir as mortes no trânsito no período do ano de maior movimento nas estradas.

O Jornal Expositor Cristão divulga em suas redes sociais uma série de dicas, ressaltando a importância da vida humana. As postagens da série “Vida: um valor absoluto”, procuram lembrar que o motorista tem a responsabilidade de se atentar para detalhes simples que fazem a diferença. Pesquisas recentes afirmam que cerca de 90% dos acidentes são causados por erros humanos, demonstrando como é possível reduzir as mortes no trânsito em nosso país, ao prestar mais atenção para as orientações básicas de segurança.

A Operação Integrada Rodovida realiza integração entre a Casa Civil, Ministérios da Justiça, Saúde, Cidades, Transportes e os órgãos estaduais e municipais, e é uma das ações que contribuem para que o Brasil alcance a meta imposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a Década Mundial da Segurança Viária: reduzir em 50% o número de mortos em decorrência de acidentes de trânsito. O planejamento da operação leva em consideração estudos estatísticos para direcionar as ações de prevenção, fiscalização, socorro às vítimas de acidentes e as campanhas educativas.

Confira abaixo algumas dicas da PRF para planejar suas férias com segurança. Você também pode baixar em nosso Facebook as imagens da campanha “Vida: um valor absoluto”, e divulgar em suas Redes Sociais informações que ajudam na conscientização de se planejar com responsabilidade, os momentos da família na estrada.

Planejamento da viagem – O motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima no endereço www.inmet.gov.br;

Atenção redobrada – Observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

Descanso – Durma bem antes de qualquer viagem de automóvel. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura.

Cinto de segurança –  Use sempre o cinto de segurança, este equipamento é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

Em caso de emergência, ligue 191.

Redação EC
Com informações da Polícia Rodoviária Federal