2016_12_mulheres_marcha

Em outubro, milhares de mulheres hebreias, muçulmanas e cristãs passaram por vários locais de Israel com o objetivo de reivindicar a paz, em um evento batizado como “Marcha da Esperança”, ato ignorado pelos grandes meios de comunicação. Cerca de 4 mil mulheres de diferentes religiões, firmaram o acordo de marcharem juntas por um objetivo comum: a paz.

A marcha aconteceu em diferentes pontos de Israel durante duas semanas. A iniciativa começou no dia 4 de outubro, quando vinte mulheres saíram do norte do país em uma macha para Jerusalém, e no decorrer do caminho foram somando participantes.

2016_12_mulheres_marcha2

O último trecho foi percorrido em 17 de outubro, e agora estamos vendo sua repercussão. As mulheres se uniram para pedir explicitamente a volta das negociações de paz com o compromisso de terminar com a violência e construir um país normal para as novas gerações.

A marcha e as reivindicações  feitas pelas mulheres em Israel podem ser vistas em um vídeo oficial realizado pelo movimento Women Wage Peace, que conta com a música da cantora israelita Yael Deckelbaum, Prayer of the Mothers, como trilha sonora dos acontecimentos.

A organização Women Wage Peace (Mulheres fazem paz), nasceu há dois anos atrás na última grande ofensiva militar de Israel a Gaza. “Não pararemos até que Netanyahu e o presidente da autoridade Palestina, Mahmud Abás, se sentem na mesa de negociações do novo, não só para falar, mas para fazer algo”, assegurou a ativista pela paz e membro do comitê da organização, Orna Ashkenazi.

Confira abaixo o clipe na íntegra:

 

Publicado originalmente em espanhol no Jornal La Rede 21