2016_09_representantes_conferenciaevangelica
(CMI) – “O notável desenvolvimento para superar a pobreza no Brasil tem sido uma inspiração para muitos e é extremamente importante que a justiça para os pobres continue na agenda para a liderança do Brasil”, disse o Rev. Dr. Olav Fykse Tveit, secretário-geral do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). Tveit esteve em São Paulo, Brasil, entre os dias 7 e 9 de setembro, participando da Conferência Mundial Pentecostal e conhecendo líderes da igreja local.

O Senado brasileiro depôs a presidente Dilma Rousseff em 31 de agosto, pondo fim a um processo de impeachment que polarizou o maior país da América Latina em meio a um escândalo de corrupção e crise econômica.

Em 8 de setembro, Tveit reuniu os líderes das cinco igrejas membros do CMI no Brasil, para ouvir suas avaliações sobre a crise em curso e o papel das igrejas.

“As necessidades dos pobres, a opção preferencial pelos pobres, deve ser sempre uma preocupação da igreja”, disse ele. “O respeito pelos direitos humanos, e o cuidado das minorias em particular, será um teste para o Brasil neste momento.”

O secretário geral do CMI também comentou que a crise política do país também tem “dimensões morais e espirituais”.

“Há uma falta de confiança relacionada com a corrupção, mas é muito mais amplo do que isso. Os desafios em termos de confiança para o sistema democrático, uma política que garanta uma fatia do poder entre o povo da grande nação do Brasil e, particularmente, como capacitar todos, incluindo os mais necessitados, para influenciar a direção desta política “, disse ele.

Para Tveit, igrejas membros do CMI oferecem forte compromisso comum com valores que podem servir toda a sociedade, mesmo que as próprias igrejas não representem uma maioria em números.”Muitos no Sul global, mas também no Norte, tem procurado ao Brasil para o compromisso no desenvolvimento”, disse ele.

A reunião em 8 de Setembro foi assistido pelo Bispo Luiz Vergílio Batista da Rosa e Bishop Stanley Moraes, da Igreja Metodista no Brasil; Rev. Dr. Nestor Friedrich, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil; Rev. Dr. Olav Fykse Tveit, secretário geral do CMI; Bispo Flavio Irala, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil e presidente do Conselho Nacional das Igrejas do Brasil; Rev. Aureo Oliveira, da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil; Rev. Wertson Brasil, da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil; e Dr. Marcelo Schneider, diretor de comunicação do CMI.

Leia mais sobre o encontro que aconteceu durante a 24° Conferência Mundial Pentecostal.

Publicado originalmente no site do Conselho Mundial de Igrejas (CMI)