2016_10_lockmann_joane

Entramos em contato com o Bispo Paulo Lockmann, presidente do Conselho Metodista Mundial, para entender melhor o propósito da Conferência que aconteceu em Houston, Texas, no começo de setembro. (Leia aqui a matéria completa sobre o evento)

“O WMC tem como tarefa antes de tudo ser um organismo de fraternidade e compartilhar experiências que possam manter viva a herança do Metodismo Primitivo ou o que se convencionou chamar Herança Wesleyana”, explicou. O Bispo ainda fez questão de ressaltar que o encontro também visa oferecer apoio às Igrejas membros em situação especificas caso acionado, assim como ajuda às novas Igrejas que tem surgido em diferentes países.

A estrutura do Concílio Mundial Metodista é semelhante ao modelo brasileiro, com Officers na direção ocupando os cargos de Oficiais, Presidente, Vice-Presidente, Tesoureiro e Secretario geral que é quem executa as principais ações em tempo integral. “Temos o Comitê Executivo que é composto  dos Coordenadores dos diversos ministérios, além das Confederações societárias, todas representadas no Comitê Executivo. Jovens e juvenis tem uma representação conjunta. O Comitê Executivo se reúne uma vez ao ano, os oficiais quando necessário.

Os comitês são:

Internacional Ação Social
Vida em família
Evangelização
Educação
Educação Cristã
Finanças
Ecumenismo
Educação teológica.

2016_09_banner_wmc“Destes, os mais ativos na minha percepção são o de Evangelização que mantém um Instituto Mundial de Evangelismo com um Seminário Itinerante de treinamento vinculado a Universidade Emory em Atlanta”, afirma o Bispo Paulo Lockmann, que segue explicando a importância das áreas em destaque. “Em segundo, o comitê de Educação que desenvolve um trabalho mundial de apoio e às universidades Metodistas no mundo, seu Secretário Executivo é o nosso irmão Dr. Amós Nascimento”, menciona ao dizer que essa é a segunda área mais importante na organização mundial. O Bispo seguiu explicando o comitê de ecumenismo que tem mantido intenso diálogo com Luteranos , Batistas, Reformados e Católicos. “Tais diálogos visam cooperação mútua em situações que igrejas são afetadas, assim como aprofundar a discussão sobre nossas diferenças e semelhanças teológicas”, defendeu.

O Comitê Internacional Ação Social também foi apontado pelo Bispo como o espaço dos programas de mobilização para dar apoio a situações sociais onde há perdas de toda ordem, como o caso dos refugiados na Europa. Também é essa área a responsável por oferecer o prêmio mundial da Paz Metodista. Mandela, Marion Way e Anita Way já foram contemplados com o reconhecimento, todos por ações que ajudam e socorrer seguimentos da sociedade e/ou promoverem ações de luta contra discriminação de qualquer tipo, como o caso de Nelson Mandela.

Você confere abaixo na íntegra, os comentários do Bispo Paulo Lockmann sobre o Concílio Mundial de 2016. 

Nosso Concílio em Houston se reuniu do dia 29 e 30 de agosto, quando os Comitês apresentaram seus relatórios, que foram bastante apreciados. Ali também foi indicada a chapa para concorrer a presidência e demais cargos da mesa do Concílio, todos por indicação da Comissão de Indicação que começou a trabalhar dois anos antes, preparando formulários, discutindo perfis e solicitando indicação das Igrejas membros. O nome que foi apresentado pela Comissão foi o do Dr. Rev. J.C Park, reitor de uma de nossas Universidades na Coréia, o qual já vinha ha algum tempo coordenando o Comitê de Educação Teológica. O nome foi finalmente selecionado pelo plenário do Concílio com quase unanime votação, plenário este que presidi nestes dois dias.

O Dr J.C Park tomou posse durante a Conferência que segue o Concílio, no culto do dia 01/09 quando passei a ele a faixa e medalhão da presidência. Foi um momento muito inspirativo, pois o primeiro presidente latino-americano, passava o cargo para o primeiro presidente asiático, já que até a minha eleição em Durban na Africa do Sul, a presidência só havia saído duas vezes fora do eixo Norte América – Europa com eleições de dois africanos Bispo Lawy Imathiu do Kenia (1987-1991) e depois do  Bispo Sunday Mubang da Nigéria (2001-2006). A eleição do Rev. J. C. Park foi uma festa para os Coreanos. Durante a Conferência, como costume o Reverendo foi homenageado por vários seguimentos em diversos momentos.

Concluo explicando qual a diferença entre o Concilio como evento e a Conferência. O Concílio abre a Conferência e esta é o espaço onde os não delegados do Concílio, cerca de 450 pessoas, se reúnem com metodistas membros da Conferência aberta, que é a qualquer metodista do mundo que se inscreva e pague suas despesas. Nela acontecem palestras, inclusive, o Bispo João Carlos foi um dos palestrantes. Tivemos pessoas do mundo todo trazendo diversas experiências e também nas oficinas. A Conferência dura mais quatro dias e após o seu encerramento e o Concílio volta a se reunir, agora para a posse formal do novo presidente e aprovação dos projetos dos comitês para o novo quinquênio. Para complementar o Bispo João Carlos foi eleito membro do Comitê de indicação que irá trabalhar os novos lideres do Concílio Mundial de 2021 a 2025.

Redação EC com informações do Bispo Paulo Lockmann