DSC_0948
Após o culto da manhã a Comissão Geral de Constituição e Justiça levou ao plenário o resultado e esclarecimentos ao caso do reverendo Bruno Roberto Pereira dos Santos, 7ª Região. O tema causou intensos debates, desconfortos e desgastes na plenária, devido ao Ato Complementar 01/2016 (o ato foi revogado pelos conciliares).

O parecer da Comissão de Justiça foi contrário ao mérito do processo do reverendo Bruno, já o concílio o apoiou. Toda a situação poderia causar grandes mudanças no 20º Concílio Geral, tendo também já causando polêmicas nas redes sociais, antes e durante o 20º Concílio Geral. Diante de tal situação, o reverendo Bruno Roberto se posicionou num discurso emocionado pedindo perdão a todos os conciliares, em especial a todos os que o apoiaram durante todo o tempo. Durante o processo ele se manifestou – “eu entendi que deveria aceitar a decisão sem oferecer qualquer reação mais intensa para o bem do Concílio Geral… Estava há duas semanas triste e indignado com a injustiça, porém resignado e quieto”.

O Bispo Adonias agradeceu o posicionamento do reverendo Bruno, e as posturas de respeito entre os conciliares. Uma oração encerrou o tema. E a agenda seguiu rumo as eleições episcopais.

Assista também a entrevista completa, realizada pela equipe de cobertura do Jornal Expositor Cristão.

Escrito por Camila de Abreu
Redatora na 3ª Região Eclesiástica