ELEIÇÃO (1)

Aconteceu hoje a eleição episcopal da Igreja Metodista (IM) no Brasil, durante o 20° Concílio Geral que é recebido na Escola de Missões em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A IM é dividida hoje em 8 Regiões Eclesiásticas e 2 Regiões Missionárias, portanto era necessário nomear 10 pessoas para servir em todo o Brasil.

Durante o decorrer do Concílio saberemos em qual região cada um/a dos eleitos/as vai atuar, mas você já pode conhecer o perfil de cada um deles, com o texto publicado Expositor Cristão de julho.

BISPO JOÃO CARLOS LOPES, 59 ANOS
Eleito no 1º Escrutínio com 160 votos
joaocarlosO Bispo João Carlos tem 35 de presbítero na Igreja Metodista, é casado e tem dois filhos. Preside a 6ª Região desde 1998. É doutor em Missiologia pela Asbury Theological Seminary e tem dois mestrados pela mesma instituição. Pastoreou as igrejas da 6ª Região em Londrina, Apucarana, Arapongas, Jandaia do Sul e Jaguapita. Foi Superintendente Distrital e, como docente, foi professor do Cemetre, do Seminário Presbiteriano Independente de Londrina, Sul-americano e no Instituto e Seminário Bíblico de Londrina e Faculdades Evangélicas do Paraná. Presidiu o Colégio Episcopal e Cogeam. Foi designado como bispo assistente da Federação Metodista de Homens, Jovens e, atualmente, é coordenador nacional de Expansão Missionária. No âmbito exterior, João Carlos é o bispo assistente da Alaime e presidente do Concílio de bispos do CIEMAL, além de vice-­presidente da “Mission Society”, membro do Conselho Diretor do Asbury Theological Seminary e do Conselho Diretor da “Go International”, nos Estados Unidos da América.

BISPO ADONIAS PEREIRA DO LAGO, 55 ANOS
Eleito no 1° Escrutínio com 152 votos
adoniasComo bispo, atualmente é o presidente do Colégio Episcopal. Casado há 30 anos, tem dois filhos e completa, em 2016, 25 anos de presbítero da Igreja e 5 anos de pastorado. A formação em Teologia se deu no ano de 1985, no Seminário Teológico Batista Independente e, no ano seguinte, fez complementação teológica na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista. Como pastor, após formado, pastoreou as igrejas no estado de São Paulo em Assis e Cândido Mota; passou pela central de Goiânia e Uberlândia. Foi Superintendente Distrital de 1994 a 2006 e membro da Coream. Fez parte do Conselho Diretor do Seminário Bispo Scilla Franco e representante clérigo em dois concílios gerais, em 2001 e 2006. Após a eleição episcopal, preside como bispo a 5ª Região desde 2007, ano seguinte à eleição para o ministério episcopal. Foi designado para acompanhar a área do discipulado, área administrativa da Sede Nacional e representou a Igreja Metodista em várias conferências nacionais e internacionais.

BISPO JOSÉ CARLOS PERES, 59 ANOS
Eleito no 1° Escrutínio com 146 votos
peresO bispo Peres tem 21 anos de presbítero, é casado e tem um casal de filhos. É mestre em Teologia Prática pela UMESP. Terminou os estudos teológicos em 1994. Na 3ª Região pastoreou as igrejas em Guarulhos, Santos, Catedral de São Paulo, Tucuruvi. Foi eleito Bispo no 19º Concílio Geral, em 2011. Como pastor, foi Superintendente Distrital e membro da Coream por dois mandatos. Como liderança leiga, desenvolveu trabalhos de evangelização, foi professor de Escola Dominical e de pregação em cultos, à frente das congregações de Jardim Ângela e Embu ­Guaçu, na 3ª RE. Tem representado a Igreja Metodista como Bispo em vários eventos, além de ser o Bispo Designado para acompanhar a área de ação social da Igreja Metodista em terras brasileiras.

Bispo Luiz Vergílio B. da Rosa, 63 anos
Eleito no 1° Escrutínio com 146 votos
verrgilioO Bispo Luiz tem 33 anos de presbítero na vida da Igreja, é casado e tem duas filhas.
É mestre em Educação. Formou-­se em Teologia em 1979. Quando residiu em Porto Alegre/RS, graduou-se em Letras com habilitação em Português e Inglês, especializou-­se em Literatura e em 2001 concluiu o mestrado em Educação na UFRGS com a dissertação sobre: “Exclusão étnica: uma face do fracasso escolar, a exclusão de adolescentes negros na perspectiva de aproximação de pressupostos teóricos de inclusão”. Antes de ser eleito bispo da Igreja Metodista, no 17º Concílio Geral, em 2001, na cidade de Maringá/PR, pastoreou as igrejas no Rio Grande do Sul em Bento Gonçalves e Garibaldi, Gramado, a igreja da Glória e Institucional, em Porto Alegre. Já ocupou outras funções na instituição, entre elas, conselheiro e professor no Instituto Teológico João Wesley e professor na rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul. Foi conselheiro da UNIMEP e Superintendente do Distrito Porto Alegre, coordenador da Pastoral da Criança e Família, coordenador do Ministério de Expansão Missionária e Evangelização. Atualmente está designado como bispo assistente da Rede Metodista de Educação.

BISPO ROBERTO ALVES DE SOUZA, 50 ANOS
Eleito no 1° Escrutínio com 128 votos
robertoO pastor Roberto tem 25 anos de presbítero na vida da Igreja Metodista, é casado e tem uma filha. Concluiu o curso de Teologia em 1988. Fez vários cursos no Instituto de Formação Missionária, em Teresópolis/RJ, entre eles, Seminário de Visão Global, Revitalização da Igreja e Liderança Serva e Prevenção ao Uso de Drogas. Como pastor, pastoreou as igrejas no estado do Rio em Barra Mansa, Central de Teresópolis, Catete e Central de Cabo Frio. Antes de ser eleito bispo, foi Superintendente Distrital, professor no Seminário César Dacorso Filho, assessor episcopal para os alunos na Faculdade de Teologia, membro do Conselho Diretor da Fateo e Coream. Como bispo, preside a 4ª Região desde 2007. Foi designado para acompanhar o Grupo de Trabalho sobre Ecumenismo, Confederação Metodista de Homens, Concílio de Bispos da América Latina, Caribe e México, além do Concílio Mundial Metodista, em Londres. Fez três intercâmbios, sendo um para estudos da língua inglesa, na University of Evansville, EUA, e os outros dois na Igreja Metodista de Bupyeong, na Coreia do Sul, em 2011 e 2013.

BISPA MARISA DE FREITAS FERREIRA, 55 ANOS
Eleito no 2° Escrutínio com 133 votos

marisaA Bispa Marisa tem 31 anos de presbítera na Igreja Metodista, é divorciada e formou-­se em teologia em 1982 e em Medicina em 1993. Pastoreou as igrejas em Alegre, Engenho Velho da Federação e Parque Setúbal, São Mateus, em Juiz de Fora e, está como bispa da Remne de 2002 até a presente data. Já foi Superintendente Distrital e redatora da Revista Flâmula Juvenil, representante da Igreja Metodista no CESE, secretária do Concílio da 4ª RE e da Cogeam. Como bispa, assessora a Confederação Metodista de Mulheres, o Departamento Nacional de Trabalho com Crianças, Escola Dominical, Conselho Diretor do IEP, Música e Arte e é secretária do Colégio Episcopal. Em nível internacional, já representou a Igreja Metodista na Alemanha, em 1987, esteve no Concílio da Igreja Metodista Unida, em Cleveland, nos Estados Unidos, em 2000, e em Tampa, na Flórida, também no Concílio da Igreja Unida realizado em 2012.

 

REVDA. HIDEIDE APARECIDA GOMES DE BRITO TORRES, 43 ANOS
Eleito no 6° Escrutínio com 151 votos

hideideCasada, duas filhas e 12 anos de presbiterado. Está em fase de conclusão de seu doutorado na UFJF. Terminou os estudos teológicos em 1999 e, em 2001, bacharelou-­se também em Comunicação Social na UMESP. Passou por três igrejas, sendo São Conrado e Anchieta no estado do Espírito Santo, e desde 2004 está pastoreando em Cataguases, na Zona da Mata, em Minas Gerais. Foi assessora regional para a Caminhada de Emaús e representante do Brasil para a Caminhada de Emaús, da Igreja Metodista Unida. Foi membro da Coream por quatro anos e, pela 4ª vez, irá representar a 4ª Região em um Concílio Geral. Como docente, já deu aulas de Cultura Religiosa na Unipac (Miraí), no Instituto Teológico João Ramos Jr., na Universidade Federal de Viçosa e é integrante do Conselho da Agência Latino-­Americana de Notícias (ALC) como representante do Ciemal. É revisora de vários periódicos, pastorais, revistas da Igreja Metodista, colunista da Revista Voz Missionária. Foi assessora do Departamento Nacional de Comunicação, sendo redatora do jornal Expositor Cristão.

Rev. Paulo Rangel dos Santos Gonçalves, 40 anos
Eleito no 6° Escrutínio com 130 votos
rangelO pastor Paulo Rangel é casado e está no ministério pastoral há 15 anos. Tem dois filhos. É bacharel em Teologia e cursa licenciatura em Ciências Sociais no polo da UMESP, em Teresópolis/RJ. Já exerceu o ministério pastoral na cidade do Rio de Janeiro nas igrejas em Vila Isabel, Grajaú, Jardim Botânico e Pilares. Em Nova Friburgo ficou nomeado por dez anos na Igreja Central. Desde 2010, Rangel é membro da Câmara Regional de Discipulado, e nos últimos dois anos foi nomeado Superintendente Distrital de Cascadura. Já ocupou outras funções regionais, por exemplo, membro do Conselho Diretor do IMFOR e da Comissão Ministerial Regional.

 

REV. EMANUEL ADRIANO SIQUEIRA DA SILVA, 49 ANOS
Eleito no 9° Escrutínio com 134 votos

emanuelCasado, 20 anos de presbiterado, o pastor Mano, como é conhecido, formou-­se em 1992. É pós-graduado em Ministério Pastoral e Aconselhamento Pastoral pelo Seminário Teológico Janz Team de Gramado e pelo Instituto Phileo de Curitiba. Pastoreou as igrejas em Santo Antônio da Platina, Laranjeiras do Sul e Mandaguari. Foi nomeado para outros cargos na vida da igreja, como coordenador do Ministério de Novos Pastores e Superintendente Distrital. Na 6ª Região faz parte da Câmara Regional de Discipulado e participou da delegação no Fórum Nacional de Discipulado realizado em Sabará/MG. Em 2000 foi designado como integrante da Câmara Nacional de Discipulado e membro do Conselho Diretor do Centro de Treinamento da 6ª Região. É membro em outras instituições internacionais, como a Global Kingdom Partnership Network e Comunhão Internacional de Ministros, e é fundador e presidente da Associação Internacional de Discípulos. Já foi secretário de Missões Regional por quatro anos.

 

REV. FÁBIO COSME DA SILVA, 51 ANOS
Eleito no 12° Escrutínio com 143 votos

cosmeCasado, uma filha e 20 anos de presbítero na igreja. Formou-­se em Teologia em 1993 e licenciou-­se em História em 2004. Pastoreou as igrejas da 5ª e 8ª Regiões em Santa Rita do Passa Quatro e em Ribeirão Preto, ambas em São Paulo, e em Rondonópolis, no Mato Grosso. Foi Superintendente Distrital em dois períodos: 2002 a 2007 e no último biênio.

 

 

 

 

 

Veja também a matéria que anunciou o momento de fechamento das eleições.

Redação EC

Comentários