2016_07_20cg_quintafeira
O 20° Concílio Geral da Igreja Metodista também tratou de ações relevantes, que combatem a violência contra a mulher.

Ivana Aguiar, presidente da Confederação Metodista de Mulheres (CMM), falou ontem aos delegados e delegadas sobre os alarmantes dados do nosso país. “Nesse instante, a cada um minuto uma mulher sofre violência no mundo. No Brasil, a cada 14 minutos uma mulher sofre violência”, afirmou Ivana.

DSC_0808 A presidente explicou que a CMM abraçou a campanha #QuintaFeiraUsoPreto que veio da Confederação Mundial de Mulheres. O protesto consiste em vestir preto toda a quinta-feira, para se manifestar silenciosamente em favor das mulheres que são vítimas de violência. As mulheres da confederação levaram o broche da campanha para distribuir entre os presentes.

Kelvia Raquel, vereadora na cidade de Leopoldina (MG), está mobilizada para reduzir os índices de violência contra a mulher no estado que registra um dos mais altos número de casos.

Ivana também citou o projeto “Cura-me“, coordenado por Vera Lucia. O espaço atende meninas e mulheres que sofrem violência, e atende hoje cerca de 250 mulheres. Vera enviou um pedido de oração por uma garota que tem sido violentada nos últimos 2 anos, dentro da própria casa.

Durante o apelo para que todos e todas se engajassem na campanha, Ivana explicou que não é preciso passar por violência para apoiar a causa. “Eu não faço isso por mim, faço por todas as mulheres que sofrem violência”, afirmou.

Para entrar em contato com o Projeto Cura-me, entre em contato com projetocura-me@hotmail.com.

Confira a reportagem realizada pela equipe do Jornal Expositor Cristão.

Escrito por Sara de Paula
Repórter EC