Policiais investigam a cena onde um caminhão se jogou sobre uma multidão que comemorava a data nacional da França, a queda da Bastilha, na cidade litorânea de Nice, sul do país Alberto Estevez/Pool/Agência Lusa

Um caminhão deixou mortos e feridos nesta quinta-feira (14) na cidade de Nice, no sul da França, durante as comemorações da Queda da Bastilha, um feriado nacional francês. A prefeitura de Nice disse, pelo Twitter, que houve um atentado. O caminhão atropelou as pessoas após a queima de fogos. O motorista do caminhão foi morto.

O presidente francês, François Hollande, disse em pronunciamento oficial que o atentado que matou mais de 70 pessoas em Nice tem “caráter terrorista”. Ele anunciou que vai estender por três meses o estado de emergência no país e ampliar operações na Síria e no Iraque.

Mais de 70 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas quando um caminhão avançou sobre a multidão que assistia à queima de fogos de artifício no Passeio dos Ingleses.

Também há informações não confirmadas de tiroteios no mesmo local. Alguns meios de comunicação informaram que o acidente foi um ataque terrorista.

O Twitter lançou a operação #PortesOuvertesNice (Portas Abertas Nice), para que pessoas recebam em suas casas aqueles que estão tentando se abrigar, e o Facebook ativou o status de segurança para que os que estão na cidade confirmem que estão a salvo.

Por Líria Jade | Portal EBC