2016_04_saf_criancas

O projeto Sombra e Água Fresca da Igreja Metodista em Vila Planalto, São Bernardo do Campo/SP, trabalho o tema da Dengue com as crianças e adolescentes no mês de março. Na ocasião, os/as participantes aprenderam a fazer um repelente caseiro, além de uma encenação com um mosquito Aedes aegypti “gigante” para mostrar os locais onde era possível a proliferação do vetor.

A coordenadora do projeto local, Rosicler Ribeiro dos Passos, enfatiza a importância de alertar as crianças e adolescentes sobre o tema. “A equipe decidiu trabalhar o tema porque cada um/a de nós precisa fazer a sua parte”, disse.

Para um dos pastores da comunidade, Jonatas Rotter Cavalheiro, conscientizar as crianças e adolescentes é importante nessa tarefa do combate ao mosquito Aedes aegypti (veja edição de março). “É sempre importante aproveitar todas as oportunidades para fazer do espaço da igreja um ambiente de reflexão sobre os grandes temas do cotidiano, instrumentalizando, assim, crianças e adultos para uma atuação relevante na linha de frente pela vida”, disse o pastor.

Outros projetos realizados pelo Brasil afora também trabalharam a questão do combate ao mosquito, por exemplo, em Jundiapeba na cidade de Mogi das Cruzes/SP e na Igreja Metodista em Natal/RN.

O projeto Sombra e Água Fresca atende quase três mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade com idades entre 6 e 14 anos. São quase 70 projetos espalhados pelo Brasil.
Para saber como implantar o projeto em sua igreja local acesse www.projetosombraeaguafresca.org.br.

Escrito por: Redação EC

Comentários

  1. Visitante disse:

    4.5