2016_03_oitodemarco_diadamulher

Em 8 de março do ano de 1857, cerca de 129 mulheres morreram queimadas por reivindicarem melhorias salariais e salutares para o cotidiano profissional. Na Conferência Internacional de Mulheres, realizada na Dinamarca em 1910, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar no dia 8 de março o “Dia Internacional da Mulher”.

O propósito desse dia é chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitações que vêm sendo impostos à mulher.

Celebrar esse dia para nós, mulheres metodistas, é uma oportunidade de reflexão sobre o valor que Cristo deu à mulher e também a oportunidade de parar e orar em favor de mulheres que estão sofrendo ao redor do mundo com a perda de dignidade física, moral, psicológica e espiritual. Oportunidade também de refletir sobre a democracia e a justiça social no mundo (secular e cristão), onde não temos condições igualitárias para o pleno desenvolvimento físico e mental, tanto para os homens como para as mulheres.

Embora a mulher tenha uma trajetória bíblica, é sempre tratada de maneira diferenciada, porém foi a mulher samaritana que recebeu a declaração de Jesus de que Ele era o Cristo – aquele que viria; as mulheres o serviam com seus bens e dons e foram as mulheres as primeiras testemunhas da sua ressurreição.

Hoje as mulheres têm maiores desafios ocupando funções de liderança nacional, regional e local em nossas igrejas. Temos páginas e páginas de testemunhos de mulheres que evangelizaram, dedicaram suas vidas e serviram em amor. Temos um sonho, uma visão profética, de ver as mulheres serem conduzidas com dignidade, respeito não apenas para fazer a obra, mas também pensar e decidir. A mesma graça que alcança homens, alcança mulheres e crianças.

Que o dia 8 de março de 2016 seja um novo tempo na vida das mulheres metodistas, bem como na de homens, crianças, na construção de um mundo melhor, o Reino de Deus entre nós.

Um abraço com o aroma suave do bom perfume de Cristo.

Escrito por Ivana Aguiar Garcia |Presidente da confederação Metodista de Mulheres