A Coordenação Geral de Ação Missionária (Cogeam) definiu a expectativa nacional em R$ 750 mil para a arrecadação da Oferta Nacional Missionária que será realizada no 3º domingo de maio. A decisão ocorreu na última reunião de 2015, realizada em dezembro. Na ocasião, aprovou-se um novo conceito, o de “expectativa”, e não o conceito anterior de “alvo”. Dessa forma, a Cogeam espera que as regiões possam trabalhar outros conceitos, por exemplo, o de oferta e generosidade nas campanhas regionais.

Para o presidente do Colégio Episcopal, bispo Adonias Pereira do Lago, o investimento em missões faz parte da história da Igreja há vários anos.
“Os/as metodistas investem em missão desde a fundação da Igreja, seja em qualquer instância, local, distrital, regional ou nacional. Somente nos campos missionários do norte e nordeste, ela atua há mais de 20 anos”, disse o bispo. Para a Secretária Executiva para a Vida e Missão, revda. Joana D’Arc Meireles, as igrejas precisam trabalhar antecipadamente para atingir as expectativas locais.

“É primordial que haja uma colaboração dos/as pastores/as no processo de divulgação nas igrejas locais. Somente com esse trabalho de conscientização que as igrejas locais alcançarão as expectativas estabelecidas por cada região”, disse a pastora. Parte da oferta será investida em projetos sociais, emergências e vítimas de catástrofes no Brasil e exterior. Para estimular as parcerias missionárias entre as Regiões Eclesiásticas, uma parcela dos recursos será aplicada em um fundo missionário.

História

Em 2016, a Campanha Nacional da Oferta Missionária completa 21 anos. Ela iniciou em maio de 1995. Não houve um alvo nacional e regional na ocasião. A campanha foi baseada na oferta de R$ 1,00 para cada metodista para ser aplicado na missão nacional. O levantamento total daquele ano foi de R$ 44.973,32.
A partir do ano seguinte, em 1996, houve a necessidade de se criar um alvo nacional de R$ 100 mil para investir nos campos missionários do Nordeste e Amazônia. A resposta dos/as metodistas foi imediata ultrapassando o alvo nacional em R$ 15 mil. Parte da Oferta investida na Remne foi para Petrolina/PE. Na Rema, os recursos foram aplicados em Capanema/PA, Paragominas/PA, Vilhena/RO, Vitória Régia em Porto Velho/RO e Umarizal em Belém/PA.

Expectativa Regional

1° REGIÃO
R$ 115 mil
2° REGIÃO
R$ 50 mil
3° REGIÃO
R$ 125 mil
4° REGIÃO
R$ 105 mil
5° REGIÃO
R$ 75 mil
6° REGIÃO
R$ 75 mil
7° REGIÃO
R$ 100 mil
8° REGIÃO
R$ 45 mil
REMNE
R$ 35 mil
REMA
R$ 25 mil